PUBLICIDADE

quinta-feira, 30 de abril de 2009

UFMA vai adotar Vestibular unificado proposto pelo MEC

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFMA deciciu em reunião nesta manhã que a Universidade vai participar do novo processo unificado do vestibular que substitui o seletivo tradicional por uma versão renovada do Exame Nacional do Ensino Médio(ENEM).

"A decisão foi fruto de um processo totalmente democrático. O Conselho é um espaço representativo e o colegiado deliberou, por maioria, que a nossa universidade deve participar de um processo que contribui com a igualdade de oportunidades para os estudantes", declarou o reitor Natalino Salgado, ao fim da reunião do Consepe, na qual foi aprovada a participação da UFMA no novo processo de ingresso nas universidades, proposto pelo MEC às universidades brasileiras.

Grupos de alunos secundaristas presentes assistiram a reunião. Eles chegaram com faixas nas quais pediam o fim do tradicional vestibular e a aprovação da proposta do MEC.

Representantes da Apruma solicitaram, no início da reunião, que o assunto fosse retirado de pauta, mas com apenas três votos contra, o conselho decidiu dar seguimento à discussão do tema. Em seguida, o pró-reitor de Ensino, Aldir Carvalho Filho, detalhou a proposta do MEC para que todos tivessem maior clareza sobre a matéria.

Mais de 15 pessoas tiveram a palavra franqueada e os debates seguiram em clima de tranquilidade.A reunião prevista para as 8h30 teve início às 9h e as discussões prosseguiram por toda a manhã. Com trinta votos a favor e apenas dois contra, o Conselho votou de modo soberano a proposta apresentada pelo conselheiro relator Marcos Antônio Bonfim, coordenador do curso de Zootecnia, do campus de Chapadinha. (Da Ascom / UFMA)

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Governador assinará promoção de 6,3 mil professores

Por: J. França/Seduc
Data de Publicação: 1 de abril de 2009

Governador Jackson Lago e o secretário de Educação, Lourenço Vieira da Silva, assinam nesta quinta-feira, 02, o ato de promoção de 6.300 professores da rede estadual de ensino. A solenidade será realizada a partir de 9h no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. Com a promoção de nível médio para nível superior o salário médio de um professor ficará em média em R$ 1.514, 45 mensais.

Para o secretário Lourenço Vieira da Silva, os professores da rede estadual são reconhecidamente os principais protagonistas das mudanças por que passam a educação no Maranhão. Ele destacou que o governador Jackson Lago autorizou a promoção de 6.300 professores e que as vantagens das promoções constarão nos contracheques a parir do mês de abril.

Segundo ele, as promoções fazem parte da política de educação do Governo do Estado e do compromisso do governador Jackson Lago, por meio da secretaria de Educação (Seduc), com a finalidade de valorizar os profissionais do magistério, fator que tem melhorado substancialmente os indicadores educacionais do Estado.

Lourenço Vieira da Silva salientou ainda que a Seduc vem cumprindo metas e vislumbrando conquistas importantes para educação do Maranhão.

Com isso, disse que se sentia “honrado em participar ativamente desse momento ímpar, em que professores, sociedade e governo constroem uma nova página na história da educação do Estado. Agora, pelo mérito, os professores da rede pública estadual serão promovidos e o ensino público agradece”.

Atualmente os professores de nível médio, que serão promovidos, recebem salário médio de R$ 876,59. Com a promoção para o nível superior, o salário médio passa a ser, a partir de abril, de R$ 1.514,45. De acordo com o nível de qualificação o reajuste salarial poderá chegar a 100%.

O Governo Jackson Lago, nos últimos meses, também aumentou em mais de 100% gratificação dos gestores das escolares, que recebem proporcionalmente à dimensão escolar. Os gestores de escolas de grande porte da rede estadual de ensino passaram a receber mensalmente R$ 1.300,00.

Texto Anterior:
Pnae Repassadas parcelas da merenda e do Fundeb
Índice da edição - Abril