PUBLICIDADE

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Bandidos assaltam agência do Banco do Brasil

Dez bandidos participaram da ação. O assalto aconteceu na manhã desta segunda-feira (30).

Dez bandidos assaltaram, na manhã desta segunda-feira (30), a agência do Banco do Brasil de Loreto, a 715 Km da capital. A ação foi rápida.

Os bandidos levaram três reféns, entre eles: o gerente do banco, uma pessoa que estava na agência e o presidente da Câmara Municipal da cidade. Os assaltantes teriam fugido em uma pick-up e em uma caminhonete roubada.

Segundo informações, eles teriam trocado tiros com o Grupo de Operações Especiais (GOE) da cidade de Balsas, mas conseguiram escapar.

Os bandidos ainda não foram identificados. A polícia segue em perseguição aos assaltantes na região.


informaçoes; http://imirante.globo.com

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Comunicado da "Execlência" para os candidatos do concurso de Parnarama-MA

Caros candidatos

Estamos aguardando o calendário de provas, que será estabelecido pela própria Prefeitura de Parnarama-MA. "Continue confiando nessa instituição séria" que não parou um só momento na luta por candidatos que merecem todo o respeito e consideração. Telefone da Excelência (86)3081-1854 Telefone da Prefeitura de Parnarama (99)3577-1144.

VAI QUE COLA...

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Processo Contra o Prefeito de Parnarama se encontra na assessoria especial da presidencia para devidas providencias

O processo de nº 6127 onde pede a cassação do diploma do prefeito de parnarama se encontra neste momento na assessoria especial da presidência para as devidas providencias esse processo será julgado nesses proximos dias o processo atrasou por causa do pedido de vista feitos pelos advogados do prefeito, agora é só aguardar o julgamento que poderá ser ainda este mês...

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Elemento preso em Parnaíba depois de fugir no Maranhão

O assassino deve para a polícia das cidades de Fortuna, Passagem Franca, Colinas e outras cidades

A polícia de Parnaíba prendeu em Parnarama, o elemento Almir Pereira da Silva. Ele é acusado de vários crimes, possui até um mandato em que ele é acusado de chacina. Ele já foi encaminhado para a delegacia especializada na cidade de Timom.

Ele confessa o crime de chacina, onde matou quatro pessoas na cidade de Santo Antonio dos Lopes, sendo três mulheres e um homem. Depois de cometer este crime ele fugiu para a cidade de São Domingos. Almir também era procurado pela polícia por latrocínio.

O assassino deve para a polícia das cidades de Fortuna, Passagem Franca, Colinas e várias outras cidades. Já teve passagens por vários presídios. O ultimo deles foi o de Presidente Dutra, de onde fugiu recentemente. Na perseguição com a polícia, ele caiu da moto, sofreu várias escoriações e entro no mato.

Almir Pereira confessa todos os seus crimes mas diz que a polícia foi muito violenta com ele. “Eles que chegaram atirando em mim pelas costas”. E afirma que em Parnarama, estava só de passagem. “Os cara queriam me matar lá do outro lado (São Domingos) e eu preferi vim pra cá e ser preso do que morrer lá”, pontuou o meliante.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Julgamento Parnarama nos próximos dias...

Segundo o blog do BLOG DO MARCELO BARBOSA Já está no gabinete do ministro Marcelo Ribeiro processo final que deverá anular a eleição de prefeitos de 2008 remarcando nova data. agora é só aguardar...








fonte: BLOG DO MARCELO BARBOSA

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

CÂMARA DE PARNARAMA REJEITA EMENDA QUE GARANTE PARTICIPAÇÃO DO POVO EM PROJETO DE LEI..

fonte:http://socorro-alves.blogspot.com/

Repasso agora, resumo da Sessão da Câmara Municipal de Parnarama, realizada no dia 09/11:

I - PEQUENO EXPEDIENTE

Feita apresentação do Projeto de Lei oriundo do Executivo, que Altera o Vencimento dos Agentes Comunitários de Saúde de Parnarama.


II - ORDEM DO DIA

Colocados em segunda votação os seguintes Projetos de Lei:

1 - Cria o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Projeto aprovado por unanimidade dos vereadores.

2 - Cria o Fundo e Conselho Gestor do Fundio Municipal de Habitação.

Antes, foi colocada em votação Emenda Aditiva de minha autoria, incerindo mais três membros representantes de entidades civis: Um membro do Sindicato dos Professores; Um membro das ONG/Fundações e Um membro das Pastorais. Justifiquei mais uma vez a Emenda, dizendo que no Projeto do Prefeito o Conselho não está paritário, pois há mais representantes do governo e que o povo deveria ter maior participação, afinal este Conselho vai gerir o dinheiro do Fundo. Enfim,o Projeto é inconstitucional. A Emenda não foi aprovada.
O Projeto do Prefeito foi aprovado em segunda votação. Apenas o meu voto contra.

3 - Projeto que Altera o Vencimento do Agentes Comunitário de Saúde

O Presidente fez a leitura do Projeto e logo em seguida colocou em votação. Pedi aparte para dizer ao Presidente que cumprisse o Regimento da Casa e antes da votação, colocasse o Projeto em discussão. Assim foi feito. Solicitei aos Vereadores representantes da Comissão de Constituição e Justiça explicações pelo fato do aumento só iniciar em outubro. Solicitei cópia da Lei Federal consedendo o aumento e da Lei municipal do ano passado. Não obtive resposta. apenas justificativas infundadas. Mesmo assim, foi aprovado. Pedi ao Presidente que na próxima votação, apresentasse a documentação solicitada.

iii - GRANDE EXPEDIENTE

Na tribuna, usei da palavra para dizer da minha indignação com esta Câmara de Vereadores.Mais uma vez, esta casa tornou-se a extenção da Prefeitura. Uma prefeiturinha, como dizem por ai. Onde os colegas Vereadores são subservientes ao Prefeito. A prova havia se concretizado naquele momento. Todos que estavam presente à Sessão, testemunharam que a grande maioria dos vereadores estão a serviço dos intereses do Prefeito. Aprovam projeto inconstitucional que beneficia o Executivo. Votaram contra a Emenda que simplesmente pedia a participação popular no Projeto de criação do conselho e fundo gestor. Fica uma pergunta: Porque não querem o povo nos conselhos que criam fundos?

O Projeto dos Agentes Comunitários de Saúde foi outro exemplo de que os colegas não estão preocupados com os interesses do povo. Querem a todo custo aprovar projeto que surrupia a diferença do aumento salarial concedido pelo Governo Federal.

Era o que tinha a relatar.

domingo, 15 de novembro de 2009

Concurso da Prefeitura Municipal de Parnarama poderá ser no mês de Dezembro

O concurso do municipio de parnarama sera realizado em dezembro, é o que anda divulgando os carros de som do prefeito, uma nova comição foi formada para realizar o concurso desta vez sem o nome da Secretaria de Educação do Municipio a suposta pivô de toda aquela desorganização no ultimo dia 27 de Setembro de 2009.

o Sr.Presidente nos forneceu cópia da (misteriosa) Portaria datada de 02/03/2009 que nomeia os membros da Comissão Organizadora para o Concurso. Leiam e tiram suas proprias conclusões.

1 - Francilene Maria Carvalho da Fonseca (secretária de administração) - esposa do ex-secretário Remildo Fonseca
2 - Breno Cardoso da Silveira( secretário de Saúde) filho do prefeito
3 - Gutemberg Barros de Andrade (procurador jurídico da prefeitura) - neto do vice-prefeito
4 - Francisca Rosa Lima Bemvindo ( chefe do departamento de administração)
5 - Maciel André da Costa( Chefe de Gabinete do Prefeito)

Obs. O nome da Secretária de Educação, que constava na primeira versão da Portaria afixada no quadro de avisos da Prefeitura, foi retirado. No entanto teve participação ativa na organização do evento.

São Paulo despacha Vitória, se isola na ponta e fica perto do hepta

A três rodadas do fim, Tricolor tem três a pontos a mais que o Palmeiras. Nem briga entre André Dias e Hugo atrapalha

Jorge Wagner comemora o primeiro gol do São Paulo sobre o Vitória no Morumbi

O São Paulo está muito perto de conquistar o heptacampeonato. O time, que começou o Brasileirão 2009 devagar, tropeçando muito, deu, neste sábado, um passo decisivo para conquistar seu sétimo título nacional, o quarto consecutivo, ao vencer o Vitória por 2 a 0, no Morumbi, pela 35ª rodada. Nem a discussão entre André Dias e Hugo, que chegaram a se agredir no primeiro tempo, tirou o brilho da vitória tricolor.

Com o triunfo, os são-paulinos vão a 62 pontos e abrem três de vantagem sobre o Palmeiras, faltando apenas três rodadas para o fim da competição. Já o Vitória, com 44 pontos, segue em 13º.

O São Paulo volta a jogar no próximo domingo, contra o Botafogo, às 17h, no Engenhão, no Rio. Já o Vitória, no mesmo dia, mas às 19h30m, enfrentará o Barueri, no Barradão, em Salvador.

Tapas e gols

Um jogo quente, com clima de final. Pelo menos para o São Paulo, que jogava para assumir a liderança isolada do Brasileirão. Os tricolores dominaram boa parte do primeiro tempo, com 55% de posse de bola, oito finalizações, contra três do Vitória, e quatro chances claras de gol. O time baiano teve apenas uma. E foi justamente nesse lance de perigo do Leão que o clima entre os são-paulinos esquentou.

Aos 15 minutos, Ramon cobrou faltou falta da esquerda. Rogério Ceni defendeu com os pés e, na sobra Washington afastou o perigo mandando a bola para escanteio. Hugo e André Dias começaram a discutir rispidamente, um acusando o outro de ter falhado no lance. O zagueiro deu um soco no queixo do meia, que, na resposta, acertou um tapa no rosto do companheiro. Eles foram contidos pelo volante Arouca, mas levaram o amarelo.

O lance, porém, não fez com que o São Paulo perdesse a linha. O time seguia em cima, trocando passes e envolvendo o adversário, que tentava explorar os contra-ataques armados por Ramon. Gláucio até conseguia receber em condições na frente, mas as jogadas não seguiam.

Aos 24, o gol tricolor, que estava maduro, saiu. Hernanes lançou Jorge Wagner na esquerda. O meia, em posição duvidosa, dominou e virou para Washington, que entrava pela direita. O camisa 9 recebeu na mesma linha da zaga, fez jogada individual e chutou cruzado. Viafara espalmou, mas a bola sobrou para o próprio Jorge Wagner, que estufou a rede num chute de esquerda. Na comemoração, Hugo e André Dias se abraçaram e fizeram as pazes.

O Morumbi explodiu. A tensão dos tricolores deu lugar a uma euforia que se traduziu no coro:

- O campeão voltou, o campeão voltou.

Hugo garante

O São Paulo tratou de garantir sua vitória logo no início do segundo tempo. Aos três minutos, Hernanes roubou a bola pela direita e cruzou para a pequena área. Hugo entrou como um raio pelo meio da defesa do Leão e cabeceou firme. Viafara, como no lance do primeiro gol, não conseguiu segurar. Ele chegou a bater na bola, mas não o suficiente para impedir que ela entrasse.

O gol tranquilizou o São Paulo. O Vitória não conseguia armar jogadas. Tentava trocar passes, mas sem conseguir se aproximar do gol defendido por Rogério Ceni. Assim, o Tricolor tinha tranquilidade e espaço para atacar. Hernanes, livre, ditava o ritmo da equipe da casa. Aos 22, o camisa 10 arrancou, invadiu a área pela direita e acertou um chute rasteiro. Viafara mandou para escanteio.

Rogério só foi trabalhar aos 29, num chute de fora da área de Neto Berola. Bem colocado, o capitão tricolor defendeu sem muita dificuldade. O jogo do Vitória se resumia nisso: chutes de longe. O São Paulo se fechava muito bem e dificultava as ações adversárias.

A partir dos 30, os baianos pararam de atacar e deram campo para os donos da casa criarem várias chances. Algumas delas, muito boas. Aos 43, Washington desperdiçou uma incrível. Marlos entrou pela esquerda e cruzou rasteiro, na medida, para o camisa 9. Era só escolher o canto e ampliar, mas o atacante conseguiu errar.

Como a chance perdida não fez falta, a torcida nem ligou. Os tricolores preferiram exaltar a vitória e a proximidade do título.

FONTE;http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol

sábado, 14 de novembro de 2009

CONCURSO PÚBLICO : SAIU PORTARIA ANULANDO A PROVA - CENTRO DA CIDADE: 10 DIAS SEM ÁGUA POTÁVEL

VEREADORA FAZ PRONUNCIAMENTO SOBRE O CONCURSO E FALTA DE AGUA NO CENTRO DA CIDADE.

Meus amigos.

Relatarei agora, o ocorrido nas Sessões da Câmara dias 19 e 26/10.


Sessão do dia 19:

I - Pequeno Expediente

Apresentei três requerimentos. Leiam.

1 - Que seja implantado em nosso Municipio, turmas de Educação Superior nos vários cursos, em especial Matemática, Português/Inglés, através da UEMA ou UESP.

Justificativa: A grande maioria de nosso povo não tem condições de pagar Universidade particular. Precisa de ajuda.Nada mais justo que o Municipio continue com a política de formação superior implantada no governo David Carvalho, pois o que deu certo deve permanecer. afinal de contas de lá para cá o repasse do governo Federal (FUNDEB) triplicou. Portanto, dinheiro tem.

2 - Que seja feita a pavimentação das principais ruas dos Povoados PAIOL DO CENTRO, BREJINHO DO ISMAEL, OLHO D'AGUA DO NOGA.

Justificativa: Esses Povoados são sem dúvida, os maiores do nosso Município, portanto já merecedores deste benefício. Esperamos que o Sr. Prefeito se sensibilize e atenda o nosso pedido.


3 - Que seja adquirida (com urgência) uma Bomba d'Agua nova para o Poço Artesiano do Centro da cidade.

Justificativa: A bomba ficaria de reserva para no caso de haver defeito.Esta medida evitaria problemas como o ocorrido na semana passada, quando o centro da cidade ficou sem água potável por mais de 10 dias, ocasiomando graves transtornos para a população.

Apresentei também (por escrito), Emenda Aditiva ao Projeto de Lei Nº 006 do Executivo, que dispõe sobre Criação de Fundo e Conselho Gestor (já mencionado por mim em publicações passadas).
Na Emenda, solicito que seja incerido no Art. 5º, três membros de entidades civis, vejam:
Um membro do Sindicato de Professores
Um membro das Pastorais
Um membro das ONGs/Fundações.

II - Ordem do Dia

Foram votados e aprovados os três requerimentos de minha autoria.
A Emenda não foi votata, pois não havia quorum. Segundo o Presidente, ficará para a próxima semana.

III - Grande Expediente

Iniciei meu pronunciamento falando sobre o caso da falta d'agua na cidade.

Um caos. Foi o que a cidade de Parnarama vivenciou nestes ultimos dias... O centro da cidade de Parnarama sofreu mais de 10 dias sem água potável. Motivo: defeito na bomba do poço de abastecimento d'agua. Seria um problema simples de resolver em qualquer cidade organizada do mundo. Não em Parnarama. Aqui tudo é diferente. Dez dias se passaram para consertar a bomba. Afinal, o que são dez dias para quem não vivenciou o problema. O povo... há!, esse pode esperar pacientemente. Os alunos? O que são dez dias sem aula? E a saúde?? bem, essa não funciona mesmo dignamente há muitos anos... Para o Prefeito , o povo pode esperar. Mas para quem mora no local esses dias foram um suplício, uma peregrinação em busca de água. Pessoas mudaram para a casa dos anigos ou parentes em outros bairro ou até mesmo Teresina. Os que não puderam sair, tiveram que carregar lata d'agua na cabeça. Os alunos ficaram sem aula, serviços de saude não foram prestados - Pois médicos e enfermeiros precisam de água para realizar suas tarefas...
Afinal, quem são os responsáveis por tudo isso: a Prefeitura /SAAE. Qual a explicação para o fato de uma bomba levar tanto tempo para ser consertada? Nenhuma. Tudo seria resolvido com uma medida simples: ter uma bomba de reserva. Mas não tem. Parece que a Prefeitura não tem dinheiro para gastar com coisa tão "supérfula". Estou indiguinada. Ou melhor, estamos todos indiguinados.

________________________________

Levei à tona novamente o caso do Concurso Público.

No Pequeno Expediente, foi lido pelo Presidente, a Portaria nº008 de 13/10/2009, oriunda do Executivo que Anula provas objetivas do Concurso Público Municipal e dá outras providências.
Vários pontos neste documento me chamou a atenção. Vejamos:

1 - O documento diz que a sindicância feita pela Prefeitura concluiu pela existência de variadas irregularidades.
Pergunto: Onde está o relatório dizendo quais irregularidades e os responsavesi por elas?
2 - Diz também que a mesma Comissão Organizadora determinará nova data para as aludidas provas.
Vejam só. A comissão Organizadora, reconhecidamente incompetente para organizar tal evento,pasmem, parece que continuartá na função.
3 - Determinou que as provas serão aplicadas nos mesmos locais anteriormente desiguinados.
O local das provas, completamente inadequados (igreja, patio de escola, casa de show, etc, ) serão os mesmos? Não podemos permitir isso.

4 - A Empresa executora do evento não poderá participar da elaboração, aplicação e fiscalização das novas provas devendo, entretanto, dar ampla divulgação dos atos no seu Site.
Meu povo amigo. Está parecendo que o remendo vai sair pior que o feitio. Vamos pensar um pouco. Se não é a Exelência que vai elaborar, fiscalizar aplicar as provas, quem será então? Porque a Excelência ficou encarregada de divulgar os atos?
O que está nos parecendo? Que será a mesma empresa com nova roupagem...

_____________________________________


Finalmente o Sr.Presidente nos forneceu cópia da (misteriosa) Portaria datada de 02/03/2009 que nomeia os membros da Comissão Organizadora para o Concurso. Leiam e tiram suas proprias conclusões.

1 - Francilene Maria Carvalho da Fonseca (secretária de administração) - esposa do ex-secretário Remildo Fonseca
2 - Breno Cardoso da Silveira( secretário de Saúde) filho do prefeito
3 - Gutemberg Barros de Andrade (procurador jurídico da prefeitura) - neto do vice-prefeito
4 - Francisca Rosa Lima Bemvindo ( chefe do departamento de administração)
5 - Maciel André da Costa( Chefe de Gabinete do Prefeito)

Obs. O nome da Secretária de Educação, que constava na primeira versão da Portaria afixada no quadro de avisos da Prefeitura, foi retirado. No entanto teve participação ativa na organização do evento.


Confiamos que a Sra. Promotora Dra. Cristiane,esteja tomando providências no sentido de livrar o povo de mais um golpe.

_________________________________

Sessão do dia 26.

A sessão foi muito resumida, visto que faltaram alguns Vereadores e também ficamos sem o serviço de som (faltou energia).

Minha Emenda não foi colocada em pauta.

Deixei o pronunciamento que faria, para a póxima sessão, que será dia 09/11, visto que dia 02 será feriado.

FONTE; BLOG DA SOCORRO ALVES

MAIORIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE PARNARAMA APROVA EM 1ª VOTAÇÃO PROJETO INCOSTITUCIONAL DO EXECUTIVO

VEJA O PRONUNCIAMENTO DA VEREADORA SOCORRO ALVES

Meus amigos.

Na segunda-feira (12) não houve Sessão em virtude do feriando nacional.
Aproveito para falar sobre a Sessão do dia 05.

1 - Pequeno Expediente
Foram apresentados dois requerimentos pelo Vereador Bebel, onde solicitou melhoria nas estradas e uma escola para o Povoado Terra Vermelha.

2 - Ordem do Dia

Os dois requerimentos do Vereador Bebel foram aprovados.

Lembram daquele Projeto de Lei do Executivo Municipal que dispõe sobre a Criação de um Fundo Habitacional e o Conselho Gestor deste fundo? Pois é. Foi colocado em primeira votação (são duas) sem levar em considerção minha sugestão de Emenda Aditiva ( incerir mais três representantes de entidades civis). O Projeto do Prefeito é incostitucional, pois não há paridade entre os membros do Conselho. Mesmo assim foi aprovado do jeito que eles queriam ( o Prefeito tem maioria absoluta da Câmara). A minha surpresa ficou por conta do voto a favor de meus dois colegas de bancada. Fiquei sozinha naquele momento... Só o meu voto contra. Na segunda votação, apresentarei minha Emenda por escrito.

3 - Grande Expediente

Em minha fala, reportei-me novamente ao Concurso Publico. Pedí aos colegas vereadores que também se empenhassem para que os responsáves pela fraude fossem punidos na forma da Lei. Frizei que a Casa do povo tem a obrigação de pedir à justiça que puna os culpados, afim de que toda essa sujeira não termine em pizza, como querem alguns. A Câmara é a representação do Povo e os vereadores devem lutar pelos direitos desse povo e não encobrir os maus feitos do Executivo. É direito de todos que este crime seja esclarecido. Pedi mais uma vez que o Presidente da casa fornecesse o nome da Comissão Organizadora. O mesmo me negou.


Ai está, bem resumido( para não cansá-los) o ocorrido na Sessão.

_____________________

Durante a semana que se seguiu ao fatídico Concurso, coletei informações. editei e imprimi um Boletim Informativo, cujo teor é o postado neste Blog sob o título CONCURSO PÚBLICO DE PARNARAMA VIRA...) Este Boletim tem o propósito de manter o povo a par sobre este caso.
A Câmara Municipal tem um Jornal semanal( rádio), mas só é veiculado o que a Mesa Diretora quer.
Alguns Jornais foram convidados a fazer uma matéria ( e olha que daria muito o que falar) mas até agora não apareceu nehum na cidade.
_____________________

O vereador tem a função de denunciar e tabém fiscalizar. Em cumprimento disso, na terça-feira(06) fiz duas visitas importantes.

Logo cedo, pela manhã, visitei o Delegado Municipal (Dr. Joelson). O mesmo me informou que foram registrados oficialmente 15 boletins ( muita gente não esperou para registrar o BO - Só havia um escrivão.)
Disse ainda que já havia enviado os mesmos para a promotora. Perguntei se não haveria algum inquérito. Ele falou que não, pois se tratava de questão administrativa, já que não havia nehuma prova material contra alguem. Perguntei-lhe sobre o gabarito que foi entregue a ele(delegado) no domingo antes de começar a prova. Ele falou que enviou tudo para a Promotora e caberia a ela mandar instaurar inquérito.... Diante disto, fui fazer minha segunda visita: a Promotora.

Dra. Cristiane falou que o concurso estava suspenso. Confirmou ter recebido os B.Os, mas que estava aguardando o relatório que seria enviado pelo Prefeito sobre investigação administrativa. O prazo final para entrega do relatório seria sexta-feira dia 08/10. Baseada neste resultado,tomaria as providências cabíveis, mas que com certeza as provas seriam anuladas. Eu falei que não tinha dúvidas quanto a isto, mas gostaria de saber se haveria inquérito para apurar as responsabilidades, afinal houve fraude, ou seja, um crime e que os responsávesis deveriam ser punidos. Qual não foi minha surpresa, quando a Dra. interrompeu minha fala para dizer que não se envolveria em problemas politicos...Ela não me deixou falar mais. Então, só me restou sair e aguardar o resultado do relatório. Mesmo assim deixei um exemplar do meu Boletim Informativo para que lesse.

Meus amigos, confesso que até agora estou pasma com a reação da Promotora. Ela está agindo corretamente em querer aguardar o resultado da investigação administrativa do prefeito. Acontece que fui procura-la como Parlamentar, representante do Povo. Eu não fui fazer intriga e sim relatar fatos e o minimo que ela teria de fazer era me ouvir.

Quero ver como terminará este caso.

Bem, dia 08 já passou. Assim que eu tiver informações...

fonte; no blog da vereadora

População de Parnarama sofre com a falta de água

A população de Parnarama está sentindo na pele o problema da falta de água. Um empecilho que já é grande, ficou ainda pior nesse Sábado, 10 de Outubro, com um defeito na bomba, do poço do sistema de abastecimento central, que atende ao bairros Centro, Redenção, Terra Nova e parte da Agrovema. Várias famíçias foram atingidas.
Durante todo o Final de semana a sena de destaque na cidade foi a imagem de vários mulheres e crianças com baldes na cabeça carregando água para poderem cuidar das atividades de casa como cozinhar, lavar louça e beber, de preferência. Sem nem se preocuparem. os administradores público não apareceram na cidade, deixando a cidade numa situação de desespero.
Muitas pessoas que foram passar o feriado na cidade, muitas de Teresina, se sentiram em meio a um deserto, sem água para beber, tomar banhos.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

NOTICIAS DE PARNARAMA E DE TODO ESTADO DO MARANHAO AGORA NO TWITTER,CONFIRA

O BLOG NOTICIAS DE PARNARAMA ESTAR AGORA NO TWITTER, ENTRE AGORA E CONFIRA AS PRINCIPAIS NOTICIAS DE NOSSA CIDADE,

http://twitter.com/cidadeparnarama


ABRAÇÃO A TODOS

NOVA ELEIÇÃO EM PARNARAMA

Está tramitando no TSE processo que provavelmente irá anular eleição de prefeitos de 2008 e agendar nova eleição talvez ainda esta ano.
Nova oportunidade para Parnarama escolher seu líder municipal.
Que Deus ilumine a mente de cada morador e entendam que quem vende seu voto paga depois e bem mais caro!


Obras de Parnarama estão abandonadas

Nos últimos dois anos que se passaram o que mais se viu na cidade de Parnarama foram obras realizadas pela Prefeitura, muitas aindas estão incabadas, outras construidas de maneira precária. Agora o que se pode notar é o completo abandono das mesmas, principalmente das obras que não foram concluídas.
No ano de 2006, foi inaugurado o Campo de Futebol Antonio Carlos, no bairro Terra Nova, com direito à presença do ex-governador Jackson Lagos, obra esta que pelo projeto custaria em torno de R$ 84.000,00, mas até hoje nunca se sabe ao real quanto foi gasto em sua contrução. Este mesmo campo neste ano teve seu muro de proteção derrubado pela ação das chuvas de verão e até hoje o mesmo não foi completamnete reformados, estando lá para quem quiser ver.







Outra obra que merece atenção especial é o Ginásio Poliesportivo que está sendo construido no bairro Agrovema. A obra foi inciada em 2007 pelo então prefeito Raimundo Silveira, com um custo total de mais de R$420.000,00. Mas mesmo depois de mais de 2 anos a obra não foi concluída e está abandonada pela prefeitura, não se o sabe porquê.
Como no espaço qualquer pessoa tem acesso livre, alguns vândalos estão invadindo-o e depredando parte das sistema elétrico, que já havia sido instalado, e mais o ponto está sendo usado por outros para consumo de drogas e atá para comentorem outros atos, que só Deus imagina o que.















As imagens do descaso estão aí. E o certo é que estas não são as únicas. Muitas outras obras estão do mesmo jeito, é só andar pelo munícipio, porque elas estão por todo lado.

fonte;

Cassação de Humberto Coutinho na pauta do TRE


A eterna disputa política em Caxias domina a pauta do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para a sessão de hoje. Dos 14 processos na lista para serem julgados, 10 envolvem os principais grupos políticos do município. Em oito é pedida a cassação do prefeito Humberto Coutinho (PDT) e do vice José Rodrigues Fernandes Júnior (PSB).

Em outro processo, é pedida a cassação do ex-presidente da Câmara Ironaldo Alencar (PMN). Ele é acusado de patrocinar viagens de estudantes em troca de votos. Já a deputada Márcia Marinho (PMDB) tenta reverter decisão de um juiz local que a tornou inelegível sob acusação de abuso dos meios de comunicação nas eleições passadas.

A lista de acusações contra Humberto Coutinho (foto) vai da compra de votos e distribuição de bem público durante a campanha à contratação irregular de pessoal e servidores no período vedado. A principal acusação contra o pedetista refere-se ao fato de ele ter sido cassado em dezembro do ano passado pelo juiz Antonio Manoel Veloso, da 4ª Zona Eleitoral, por prática de conduta vedada em decorrência da veiculação de propaganda institucional e distribuição de materiais de construção (kits para edificação de casas populares) aos eleitores.

De acordo com o Ministério Público Eleitoral (MPE), Humberto Coutinho atrasou propositadamente o início da construção das casas – a licitação foi homologada em janeiro, mas o contrato só foi assinado em maio – para se beneficiar eleitoralmente dos serviços.

“Ainda que se considere que o início das obras teve seu atraso justificado por trâmites administrativos no âmbito da Caixa Econômica Federal, forçoso reconhecer que restou comprovado nos autos que os recorrentes tiraram proveito político da execução das obras, incorrendo nas vedações da Lei Eleitoral”, diz a procuradora Carolina da Hora.

por Décio Sá

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Câmaras criminais recebem denúncias contra três prefeitos maranhenses

A 1ª e a 3ª Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça, em sessões segunda e terça-feira, receberam denúncias contra os prefeitos maranhenses de Carolina, Penalva e Parnarama.

João Alberto Martins Silva, de Carolina, foi denunciado pelo Ministério Público estadual, que o acusou de ter firmado contratos de prestação de serviços e efetuado compras de materiais de forma fragmentada, em 1998, sem a observância das regras estabelecidas na lei vigente.

O MP informou que as contas apresentadas pelo prefeito, referentes ao exercício financeiro de 1998, foram desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) em razão de irregularidades como ausência de processos de licitação e fragmentação de despesas, com o intuito de evitar procedimento licitatório para a aquisição de bens e serviços.

Indícios de autoria – O relator da denúncia, desembargador José Ribamar Fróz Sobrinho, rejeitou as alegações levantadas pelo prefeito em sua defesa e considerou que no processo há indícios suficientes de autoria e materialidade do delito. Acompanharam seu voto os desembargadores Joaquim Figueiredo e Lourival Serejo.

De acordo com Fróz Sobrinho, estariam demonstradas várias irregularidades em contratos firmados e compras feitas pela Prefeitura de Carolina, no ano de 1998.

O magistrado entendeu cabível o recebimento da denúncia para apurar a ocorrência ou não das práticas delitivas sustentadas pelo MPE. O voto do relator foi de acordo com o parecer da Procuradoria Geral de Justiça.

Parnarama e Penalva – O prefeito de Parnarama, Raimundo Silva Rodrigues da Silveira, e o de Penalva, Maria José Gama Alhadef, foram denunciados pela prática de delitos previstos no artigo 1º, incisos VI e XIV do Decreto-Lei nº 201/67.

A denúncia feita pelo Ministério Público Estadual trata dos crimes de responsabilidade dos prefeitos municipais, sujeitos ao julgamento do poder judiciário, independente do procedimento da Câmara dos Vereadores.

De acordo com a peça acusatória, Raimundo Silva não enviou as contas do exercício financeiro dos anos de 2005 e 2006 à Câmara Municipal de Parnarama.

Consta nos autos que o acusado protocolizou no Tribunal de Contas do Estado (TCE) ofícios datados de 11 de abril de 2006 e 11 de abril de 2007, informando a prestação de contas em questionamento.

É destacado no documento que a prestação de contas teria sido encaminhada ao Legislativo municipal. Conforme demonstram documentos da Câmara, a documentação não foi remetida àquela casa.

O relator do processo, desembargador Mário Lima Reis, recebeu a denúncia e determinou a competente instauração da ação penal. Seu voto foi acompanhado pelos desembargadores Antônio Fernando Bayma Araújo (presidente da 1ª Câmara Criminal) e Raimundo Nonato Magalhães Melo.

Precatório – Ainda na sessão, o desembargador Bayma Araújo recebeu denúncia contra a prefeita de Penalva, Maria José Gama. Ele foi o relator do processo e teve seu voto acompanhado pelos membros da 1ª Câmara.

Nesse caso, a prefeita deixou de cumprir o despacho do ofício expedido pelo TJMA, referente ao precatório que tem como beneficiário a empresa I.S. Moreira Comércio e Representações Ltda.

Depois da manifestação do credor e do município sobre a atualização do valor do precatório (R$ 12.869,68, em 1998), foram homologados os cálculos feitos pela Controladoria Judicial, que resultaram em R$ 37.774,41.

De acordo com os autos, após a mudança de gestão, a denunciada, na qualidade de atual representante legal do município de Penalva, foi intimidada a se pronunciar, mas não deu motivo, por escrito, da recusa ou impossibilidade de cumprir a solicitação.

Polícia prende homem que receptou canos de irrigação


Alexandre Rosa de Sousa estava com os canos de irrigação e uma pistola bereta.

Foto: Mário Nunes

A polícia de Parnarama (MA) prendeu em flagrante Alexandre Rosa de Sousa, acusado de receptar canos de irrigação que teriam sido furtados da Construtora Jurema, prestadora de serviços da prefeitura local.

Segundo o delegado Joelson Carvalho, além dos canos de irrigação, a polícia encontrou uma pistola 6,35 mm, tipo bereta.

Os policiais foram munidos de mandado de busca e apreensão, expedido pelo juiz Edmilson da Costa Lima.

Alexandre é acusado de porte de arma e receptação. Ele ficará preso na delegacial local, à disposição da Justiça.

Leilane Nunes
leilanenunes@cidadeverde.com