PUBLICIDADE

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

MANDATO DE SOCORRO WAQUIM ESTÁ NAS MÃOS DO JUIZ SIMEÃO PEREIRA

Juiz Simeão Pereira recebendo Abaixo Assinado com 10. 777 assinaturas
(Fotografia: Blog do Elias Lacerda)

Denunciando o caos administrativo que se encontra o município de Timon, um movimento denominado de "Intervenção na Prefeitura Já", que começou na última sexta-feira (14/01), contando com a participação de vários setores da sociedade civil organizada (associações de moradores, sindicatos e organizações religiosas, além de servidores e contratados), está pedindo o afastamento imediato de Socorro Waquim (PMDB) da Prefeitura.

A turbulência política que sacudiu a cidade durante o final de semana, culminou na terça-feira (18/01) com o pedido do Promotor de Justiça, Eduardo Borges, do afastamento da prefeita do cargo, pois segundo matéria postada pelo blog do Elias Lacerda, o promotor disse que o somatório de problemas, é uma prova cabal que a prefeita Socorro Waquim tem dado sucessivas demonstrações de incompetência para gerir o município.

O Ministério Público está pedindo o afastamento e a indisponibilidade dos bens da prefeita e de sua irmã, a secretária de Educação, Sueli Almeida, por ver irregularidades no pagamento dos servidores, inclusive da Educação, e falhas nos serviços essenciais de Saúde, Educação e Infraestrutura. Ao mesmo tempo que protocolou liminar no Fórum, o promotor Eduardo Borges solicitou ao Poder Legislativo Municipal que instalasse uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), com a finalidade de investigar os fatos denunciados.

O mandato da prefeita de Timon está por um fio, dependendo agora da apreciação da liminar do promotor pelo diretor do Fórum e Juiz Titular da 4ª Vara, o matoense Dr. Simeão Pereira e Silva. Pesa contra a Prefeita, um abaixo-assinado contendo mais de dez mil assinaturas, entregue hoje pela manhã (19/01) ao magistrado que, após ouvir lideranças dos manifestantes, disse queda parte do Judiciário, todos poderiam ter a certeza que ocaso seria julgado dentro da mais total independência, levando-se em conta o amplo direito de defesa e do respeito às Leis   

por Abdenaldo Rodrigues, Matões Noticias

MANDATO DE SOCORRO WAQUIM ESTÁ NAS MÃOS DO JUIZ SIMEÃO PEREIRA

Juiz Simeão Pereira recebendo Abaixo Assinado com 10. 777 assinaturas
(Fotografia: Blog do Elias Lacerda)

Denunciando o caos administrativo que se encontra o município de Timon, um movimento denominado de "Intervenção na Prefeitura Já", que começou na última sexta-feira (14/01), contando com a participação de vários setores da sociedade civil organizada (associações de moradores, sindicatos e organizações religiosas, além de servidores e contratados), está pedindo o afastamento imediato de Socorro Waquim (PMDB) da Prefeitura.

A turbulência política que sacudiu a cidade durante o final de semana, culminou na terça-feira (18/01) com o pedido do Promotor de Justiça, Eduardo Borges, do afastamento da prefeita do cargo, pois segundo matéria postada pelo blog do Elias Lacerda, o promotor disse que o somatório de problemas, é uma prova cabal que a prefeita Socorro Waquim tem dado sucessivas demonstrações de incompetência para gerir o município.

O Ministério Público está pedindo o afastamento e a indisponibilidade dos bens da prefeita e de sua irmã, a secretária de Educação, Sueli Almeida, por ver irregularidades no pagamento dos servidores, inclusive da Educação, e falhas nos serviços essenciais de Saúde, Educação e Infraestrutura. Ao mesmo tempo que protocolou liminar no Fórum, o promotor Eduardo Borges solicitou ao Poder Legislativo Municipal que instalasse uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), com a finalidade de investigar os fatos denunciados.

O mandato da prefeita de Timon está por um fio, dependendo agora da apreciação da liminar do promotor pelo diretor do Fórum e Juiz Titular da 4ª Vara, o matoense Dr. Simeão Pereira e Silva. Pesa contra a Prefeita, um abaixo-assinado contendo mais de dez mil assinaturas, entregue hoje pela manhã (19/01) ao magistrado que, após ouvir lideranças dos manifestantes, disse queda parte do Judiciário, todos poderiam ter a certeza que ocaso seria julgado dentro da mais total independência, levando-se em conta o amplo direito de defesa e do respeito às Leis   


Atenção funcionários públicos estaduais: governo vai pagar salários pela antiga tabela até junho

Por intermédio da Secom, o Governo do Estado do Maranhão anunciou ontem que pagará pela antiga tabela  os salários dos servidores públicos.
Embora a nota da Secom desminta que a nova tabela , aquele em que os salários poderão ser pagos no mês subsequente, não será modificada, a folha será paga dentro do mês, ao menos até junho deste ano.
Conforme a nota da Secom, a tabela até a metade do ano será a seguinte:
Janeiro – 28
Fevereiro – 25
Março – 30
Abril – 29
Maio – 28
junho – 29
Primeira parcela do 13º  – 29

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Roseana quer rever tabela de pagamento dos servidores

A governadora Roseana Sarney deve alterar a tabela de pagamento do funcionalismo público elaborada pelo secretário de Planejamento. Fábio Gondim. Foi o que informou hoje fonte do Palácio dos Leões ao blog.
Pela nova tabela, os servidores deixarão de receber os salários dentro do mês, como vinha ocorrendo há alguns anos. A reação foi imediata por parte dos funcionários e até mesmo de deputados aliados. O Sindicato da classe já prepara uma manifestação de protesto para a próxima semana. O blog do Marco D’Eça foi o primeiro a comprar a briga.
Fábio Gondim alega que o estado usa apenas duas parcelas do FPM, as dos dias 10 e 20, que são as maiores. A parcela do dia 30, que não significa muita coisa, passar a ser usada agora para fechar a folha. 
Gondim justifica tambem que tem que movimentar outras contas para complementar o pagamento, o que não é ilegal.
Atendendo pedidos dos leitores, o blog publica a nova tabela de pagamento da folha dos servidores. Veja abaixo:

Surge movimento pelo impechament da prefeita de Timon

Manifestantes pedem intervenção
Manifestantes pedem intervenção
Representantes de sindicato, associações de moradores e de organizações não governamentais ligadas á Igreja Católica de Timon lançaram no final da tardee de ontem um manifesto “Intervenção Já!” no qual pedem as autoridades do Poder Judiciário e do Governo do Estado a decretação de intervenção na Prefeitura da cidade com o conseqüente afastamento da prefeita Socorro Waquim (PMDB), do cargo.
Os manifestantes afirmam não suportar mais o caos administrativo implantado pela prefeita e resolveram fazer o apelo público ao poder judiciário maranhense para que decida pelo afastamento da prefeita.
No manifesto distribuído à população, com o título “Intervenção na Prefeitura Já!”, os manifestantes afirmam que “o caos publico instituído envergonha os moradores. Cada centavo que é mal aplicado importa em menos escolas, serviços de saúde, infraestrutura viária e elétrica, cultura, esporte, etc.
E continua o panfleto: “Como membros da sociedade civil, trabalhadoras e trabalhadores, representantes de instituições, jovens, lavradores e mulheres, sofremos pela negação dos direitos básicos. Exigimos do poder judiciário de Timon uma intervenção direta no executivo municipal”.
Assinam o manifesto as seguintes instituições: Sinterpum-Sindicato dos Professores; Paróquias Menino Jesus de Praga e São Francisco, Grupo Comunitário da Cidade Nova, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos, Cejupaz, Sindicato dos Guardas Civis, Fundação Cidadania, Associação de Moradores do Povoado Sangradouro II, Associação dos Agricultores Familiares do Povoado Baunilha e Projeto Mãos Dadas.
Um padre na linha de frente
Na manifestação, o padre José Manoel Brites, da capela do Menino Jesus e do Projeto Mãos Dadas – que cuida de crianças carentes, disse que  “como cidadão e como padre estou vendo que a cidade virou um caos”, disse o padre Brites à reportagem do Portalhoje.com.
“É como se estivéssemos no Haiti, após o tsunami. Não dá mais para agüentar tantos desmandos. Estão cometendo não só um atentado contra a cidade mas contra a vida. Foram centenas de professores e trabalhadores da prefeitura que passaram fome no Natal passado, por que não receberam seus salários”, disse o padre, que arrematou: “Estamos cansados com tantos desmantelos!”
A situação da administração da prefeita Socorro Waquim é caótica, três meses de atraso de salários do funcionalismo, além do décimo terceiro, fornecedores também, buraqueira e lixo em toda a cidade, falta de água, telefones cortados entre outros problemas mais.
Segundo se informa a estrutura da Prefeitura foi superdimensionada de 17 para 37 órgãos com estatus de secretaria para abrigar aliados políticos e servir de cabide de emprego para reeleger o deputado federal Professor Sétimo, marido da prefeita, numa engenharia de folha “secreta” criado pelo secretário municipal de administração, Magno Pires, o mesmo que induziu o ex-governador Mão Santa do Piauí a cassação, em 2002, quando esteve à frente da Secretaria de Estado da Administração.

Seduc divulga data da posse e lotação de concursados

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou o cronograma com as datas para a posse e lotação dos 459 professores recém-nomeados pelo governo do Estado. Os docentes foram aprovados no concurso público realizado no fim de 2009. Os professores deverão comparecer, a partir de amanhã (dia 18 de janeiro) à Superintendência de Administração de Recursos Humanos da Seduc (Avenida Getúlio Vargas, nº 1.908 - bairro Monte Castelo), no horário das 9h às 18h.
A lotação dos novos docentes nas escolas de São Luís e do interior do Maranhão acontecerá a partir de 1º de fevereiro, das 9 às 18h, nas sedes das Unidades Regionais de Educação (UREs), correspondentes a cada candidato empossado. A lista de nomeados pode ser consultada no site: http://www.diariooficial.ma.gov.br , por meio do suplemento do executivo, com a data 30 de dezembro de 2010.

Por mais nomeação
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (SINPROESEMMA) considera importante a nomeação recente de mais 459 professores aprovados no último concurso público do Estado, realizado em dezembro de 2009, mas questiona a não convocação dos outros 1.515 profissionais que também foram aprovados e esperam há mais de um ano pela nomeação.
“A posição do Sindicato é de que o governo do Estado já deveria ter chamado todos os 5.320 professores aprovados no concurso. A Seduc diz que nomeou 3.346, faltam portanto 1.974. Achamos importante a chamada dos 459, mas, é pouco, tem que chamar todos. Outro fato que estamos cobrando do governo é a chamada dos excedentes do último concurso”, destaca do diretor de comunicação do SINPROESEMMA, Júlio Guterres.
Por essa razão, o SINPROESEMMA está convocando todos os excedentes do concurso 2009 para professor da rede estadual a comparecerem a umareunião no dia 18 de janeiro (terça-feira) às 9 horas, na sede do sindicato (rua Henrique Leal, 128, Centro - Reviver). Na reunião serão discutidas as medidas jurídicas e políticas (mobilização) para cobrar do governo do Estado a convocação e nomeação de todos e todas.´
SINPROESEMMA On-line

CONCURSO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE MATOES - MA

ATENÇÃO


Forram prorrogadas até esta quarta-feira(19/01) as inscrições do concurso público da Prefeitura Municipal de Matões-MA, em virtude da instabilidade provocada no site da Fundelta pela Kinghost. Veja Nota de esclarecimento.


http://www.fundelta.com.br

PSIU 2010 divulga resultado nessa quarta

PSIU 2010 divulga resultado nessa quarta 

Os quase 23 mil candidatos que compareceram a um dos 44 Centros de Aplicação de Prova (CAPs), durante os dias 12,13, 14 e 15 de dezembro de 2010, para a realização do PSIU 2010 saberão nessa quarta-feira (19/01), às 10h, no Espaço Rosa dos Ventos, quem são os 2.893 aprovados para ingresso na Universidade Federal do Piauí nesse ano de 2011. A UFPI disponibilizou ao todo 5.786 vagas para ingresso na instituição em 2011, metade para ser preenchida através do ENEM, e a outra metade através do PSIU Geral e PSIU 3ª Etapa. 

O PSIU 2010 teve 26.476 candidatos inscritos e de acordo com a Comissão Permanente de Seleção (COPESE), o percentual de abstenções no certame chegou a 14,15% em todo o Estado, o que representa 3.747 candidatos deixaram de fazer as provas. As abstenções do PSIU 2010 foram maiores que a do PSIU 2009, que registrou 11%. Em Teresina 2.355 candidatos deixaram de comparecer ao PSIU. Em Parnaíba o número de ausentes foi de 503, em Picos 480, em Bom Jesus 169 e em Floriano 240. 

A previsão era que o resultado do PSIU 2010 fosse divulgado até o dia 24 de janeiro, mas como todos os anos, essa meta foi superada e o resultado será divulgado nessa quarta (19/01), às 10h, no Espaço Rosa dos Ventos. O PSIU 2010 foi o último realizado pela UFPI nesses moldes. O Conselho Universitário irá se reunir logo após a publicação do resultado do PSIU 2010 para definir as novas formas de ingresso na Universidade Federal do Piauí para os próximos anos.


Efrém Ribeiro/meionorte.com

Uespi divulgará resultado do vestibular na sexta-feira


O resultado será divulgado às 10 horas, no campus Torquato Neto


Como já foi anunciado pelo meionorte.com na semana passada, a Uespi confirmou na manhã de hoje (17) que na próxima sexta-feira (21) irá divulgar o resultado do vestibular a partir das 10 horas, no campus Torquato Neto.
O governador Wilson Martins marcará presença e fará o anúncio dos 10 primeiros colocados. Foram mais de 28 mil candidatos inscritos para 3.850 vagas disponíveis.
O curso mais concorrido foi o de Medicina, com 38,7 candidatos por vaga.

meionorte.com

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

PREFEITURA DE MATÕES ABRE CONCURSO PARA EDUCAÇÃO E SAÚDE

por Abdenaldo Rodrigues Matões noticias

O esperado Edital do concurso público da Prefeitura Municipal de Matões foi divulgado nesta segunda-feira (10/01). São 115 vagas, distribuídas em duas áreas: Educação (110 vagas para professor) e Saúde (05 vagas para Agente de Combate a Endemias). A distribuição dos cargos e número de vagas, com suas respectivas remunerações, ficou da seguinte forma:

EDUCAÇÃO
Professor Nível I - Educação Infantil........................ .....21 vagas/Zona Urbana - remuneração..R$ 642,83 (20h)

Professor Nível I - Polivalente (1° ao 5º ano/EJA ..........60 vagas/Zona Rural - remuneração...R$ 642,83 (20h)

Professor Nível II- Educação Especial /PNE's...............05 vagas/Zona Urbana - remuneração..R$ 715,56 (20h)

Professor Nível II - Ciências/Biologia (6º ao 9° ano)......03 vagas/Zona Rural - remuneração.... R$ 715,56 (20h)

Professor Nível II - Química (6º ao 9° ano)....................03 vagas/Zona Rural - remuneração.....R$ 715,56
(20h)

Professor Nível II - Geografia (6º ao 9° ano).................02 vagas/Zona Rural - remuneração......R$ 715,56
(20h)

Professor Nível II - História (6º ao 9° ano)....................03 vagas/Zona Rural - remuneração......R$ 715,56
(20h)

Professor Nível II - Lingua Estrang. Inglês (6º ao 9° ano).03 vagas/Zona Rural - remuneração... R$ 715,56
(20h)

Professor Nível II - Matemática (6º ao 9° ano)...............05 vagas/Zona Rural - remuneração  R$ 715,56
(20h)

Professor Nível II - Letras Português (6º ao 9° ano)......05 vagas/Zona Rural - remuneração.....R$ 715,56
(20h)

SAÚDE
Agente de Combate as Endemias - Ensino Fundamental - 05 vagas Zona Urbana e/ou Rural....R$ 510,00 (40h)

Maiores informações, leia o Edital completo no Site da Fundação Delta do Parnaíba, responsável pela organização e execução do Concurso: http://www.fundelta.com.br/.

Governo do Maranhão pede sua retirada do cadastro de inadimplentes da União

O estado do Maranhão ajuizou, no Supremo Tribunal Federal, a Ação Cautelar (AC) 2783 pedindo, liminarmente, a suspensão de sua inscrição no Cadastro Único de Convênio (CAUC), do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (SIAFI) e do Cadastro Informativo dos créditos não quitados do setor público federal (CADIN) devido a supostas irregularidades na prestação de contas referentes a convênios firmados com ex-gestores.
O governo estadual sustenta que as inscrições nos referidos cadastros o impede de firmar qualquer outro convênio e, também, de receber repasses dos convênios em andamento, bem como de obter transferências voluntárias da União. O governo do estado do Maranhão pretende com a AC obter a declaração de nulidade dos registros no CAUC, procedidos indevidamente pela União e o seu consequente cancelamento de responsabilidade de ex-gestores em exercícios anteriores.
Alegações
Segundo o governo maranhense, o posicionamento do STF, em precedentes, conclui que não se pode confundir a responsabilidade dos ex-gestores com a necessidade de cumprimento das políticas públicas, portanto, adotando o princípio da intranscendência visto que nem o órgão público, nem a população a ele vinculada podem ser responsabilizadas pelas irregularidades praticadas por ex-gestores.
Alega que, assim como as demais unidades da Federação, sobretudo as mais carentes, vem trabalhando em conjunto com os órgãos federais através da realização de convênios e respectivos aditivos, como única alternativa para desenvolver programas sociais, “notadamente na área de educação, saúde, desenvolvimento agrário, segurança, através de expansão de seus serviços”. Afirma também que, para este objetivo, alguns empréstimos são concedidos pelos entes federais aos Estados-Membros.
Para o governo do Maranhão, a inscrição no cadastro de inadimplentes representa “grave risco ao equilíbrio da Federação, uma vez que a União, diante da inclusão do estado no CAUC e outros cadastros análogos, trará graves impactos aos programas de interesse estadual para os quais os recursos de outras esferas são indispensáveis, o que acarretará prejuízos incomensuráveis ao estado e à sua população, vez que a inscrição nestes cadastros inviabiliza o recebimento pelo estado de verbas de convênios e empréstimos”.
Por fim, alega o governo estadual que a inscrição do estado do Maranhão no CAUC está a impedir a celebração de convênios e empréstimos, e a liberação dos recursos referentes aos contratos de financiamento celebrados entre o governo do Maranhão e o BNDES, que atingem “a cifra de mais de R$ 445 milhões, com sensível impacto nas políticas públicas a serem implementadas pelo governo estadual”, sustentou o governo estadual.

Guerra interna na Seduc vai comprometer o trabalho de Olga Simão

É de foice e machado a guerrinha interna na Secretaria de Estado da Educação. Como a titular Olga Simão não tem poderes para mexer em algums peças, o confronto entre graduados assessores de agiganta.
E já começou a sobrar para a própria secretária, que deve ter as orelhas mais ardendo do que pimenta magueta.
A onda de intrigas cresceu mais ainda depois que alguns graduados sentiram na posse de Olga que a mulher de confiança da governadora deu demonstraçõe de que se efetivou sim no cargo, dando pinta de que vai ficar mesmo até quando Roseana Sarney assim desejar.
Graça Tajra vinha trabalhando seu próprio nome para suceder a Anselmo Raposo e mais recente ao nome de Olga Simão. Não logrou êxito nas artimanhas.
Agora opera, com a ajuda de mais dois graduados, a indicação de outro nome. Então,dona olga Simão que abra o olho.
Ontem, no Feijão De Corda, o professor e advogado Dimas Salustiano dizia ao telefone que será o próximo secretário da Seduc. Estava acompanhado do empresário e blogueiro Eri Castro.
Dimas Salustiano foi noivo da filha do vice-governador Washington Luiz Oliveira. Os dois tiverem um desentendimento, mas já voltaram a conversar normalmente.
Salustiano teve o nome lembrado assim que foi concluída a queda de Anselmo Raposo. Mas o vice vetou em, pedido pessoal à governadora.

Em tribo no Maranhão, índias amamentam animais

Awa-guajá é um dos últimos povos nômades da América.
Eles mantêm tradição de contato próximo com a natureza.


Do Globo Natureza, com informações do Fantástico
Os awá-guajá são uma das últimas tribos nômades das Américas. Em sua reserva, no noroeste do Maranhão, eles mantêm a a tradição de contato próximo com os animais. O filhote de cutia é alimentado com o fruto do babaçu. E o de macaco é amamentado pelas índias.
"O awá-guajá é um povo muito único. E essa relação que eles têm com o bicho, ele passa a ser membro da família", conta Bruno Fragoso, coordenador de Índios Isolados da Funai. A índia Tapanií explica que quando o macaco órfão que ela adotou ficar maior e mais agressivo, ela o soltará na mata. É na floresta que a vida dos awá-guajá se renova e também corre risco no encontro com invasores.
"O maior medo que eles têm é a doença que às vezes contraem no contato com a gente. E o segundo medo é pensar que é inimigo, pistoleiro, esse povo que vem invadindo as terras.", explica Patreolino Garreto Viana, auxiliar de campo da Funai.  Imoin tem o medo estampado no rosto e, no braço, uma marca de bala. O filho dela conta que a emboscada aconteceu quando ela fazia coleta na mata.
O perigo do encontro com invasores, caçadores e madeireiros é grande, mas o espírito nômade dos awá-guajá é muito forte e mesmo os que moram nas aldeias passam boa parte do tempo na mata.
Uma família que passou dias na floresta volta trazendo caça e vários litros de mel. Macaripitã conta que foi ela que enxergou a colméia. Aqui é assim, mulher boa para casar é aquela que sabe ver e ouvir a natureza. Ser prendada também conta, dizem os rapazes da aldeia.
"Aí a mulher sabe fazer a saia dele também, como ele usa, como ela usa, sabe cozinhar também, como a gente come”, descreve Manaxika, líder da aldeia. A sabedoria dessas mulheres é fruto da relação que elas têm com a natureza e com as tradições: o melhor jeito de subir na árvore, de limpar e preparar o peixe, de cortar o cabelo com lascas de taquara afiada. Os cestos, os enfeites, as redes e roupas da palha do tucum. Dar conforto e beleza para a tribo é função das mulheres awá-guajá.

As jovens se casam assim que menstruam. Novinhas já tem muitos filhos. Parapiñam tem quatro e mais um a caminho.  O isolamento da aldeia awá só é vencido quando aparece alguém de carro. Foi a sorte de uma índia grávida com hemorragia, que Bruno Fragoso, o novo coordenador do grupo de índios isolados da funai a levou para a cidade de santa inês. No hospital precário nasceu mais um awá-guajá.

A ameaça é terrivelmente visível para os awás e para as outras etnias da região. Imagens de satélite mostram que os 820 mil hectares de terras indígenas demarcadas no Maranhão estão sendo devastadas sem dó.
“Os awá-guajá, no processo de aceleração de invasão em que se encontram, se não houver ação rápida e emergencial, o futuro desse povo é a extinção”, explica Bruno Fragoso, da Funai 

Novo presidente da Câmara municipal de Vereadores de Parnarama

por Parnarama em foco

O nome do vereador Cícero do Franco foi escolhido pelo  prefeito, que na ocasião foi proposto 05 nomes pelos próprios vereadores da câmara para que o prefeito escolhesse um só nome, e o do vereador Cícero foi o escolhido.
O nome do vereador foi aceito pela maioria dos demais vereadores que estavam presentes no momento da escolha.
A eleição da mesa diretora foi no dia 13/12/2010 as 10:30hs no plenário da Câmara Municipal de Parnarama.
No momento da votação o plenário da Câmara estava lotado de correligionários, familiares e amigos do prefeito e dos vereadores.
O atual presidente da câmara José Henrique fez a abertura da votação lendo oficio que havia sido pela chapa que tava concorrendo à presidência da câmara na qual La estava relacionados os nomes dos vereadores que estavam concorrendo a mesa diretora, alem do nome do vereador Cícero do Franco como presidente e do vereador Adauto Fonseca a vice-presidente, José Henrique e Antonieta Silveira nos cargos de secretario e tesoureiro. A votação era pra ser voto secreto, mas o presidente colocou em votação se todos os vereadores concordassem a votação poderia ser nominal e todos concordaram com o voto nominal. O novo presidente foi eleito com 9 votos a favor e nenhum contra o seu nome, a surpresa da votação foi até mesmo a vereadora Socorro Alves ter votou a favor da sua chapa e deixou todo mundo surpreso da sessão.
O novo presidente eleito foi à tribuna e agradeceu ao prefeito por ter escolhido o nome dele para presidência e a todos os vereadores por terem votado e aprovado a sua chapa para um mandato de dois anos que iniciará no dia 1º de Janeiro de 2011 até 31 de Dezembro de 2012 e também os vereadores Adauto Fonseca, Antonieta Silveira e José Henrique falaram lhe dando os parabéns e oferecendo apoio na sua futura administração, já que eles foram presidentes daquela casa em mandatos anteriores.
Para muita gente foi uma surpresa a escolha do nome do Ver Cícero pelo prefeito Raimundo Silveira para a presidência daquela casa. Isso é porque ele é um homem de poucas palavras no plenária da câmara, mas a maioria das pessoas apoiaram a decisão do Sr Raimundo Silveira já que a aprovação na câmara foi de 100% pelos os seus colegas de trabalho.

domingo, 9 de janeiro de 2011

Filhos enterram o pai vivo em Timon, no interior do Maranhão

Alexandre e Kleiton confessaram o crime à polícia. Segundo eles, assassinato foi solução para acabar com as brigas em casa


O aposentado Antônio Carlos Lopes, de 57 anos, foi enterrado vivo pelos próprios filhos na cidade de Timon, distante 426 quilômetros de São Luís, capital do Maranhão. Os dois filhos de Lopes, Kleiton de Sousa Lopes, de 21 anos, e Alexandre de Sousa Lopes, de 19, foram presos e acusados de terem participação no homicídio. Em depoimento à polícia, eles confessaram o crime.
Os rapazes revelaram à polícia que o assassinato foi cometido como forma de acabar, em definitivo, com as brigas familiares. Os irmãos alegaram à polícia que Lopes chegava sempre alcoolizado em casa e que espancava a sua esposa, Maria da Conceição Lopes, e os filhos. Eles também seriam espancados porque, na versão dos acusados, o pai não concordava com a opção sexual dos dois.
De acordo com a polícia, no dia 29 de dezembro os dois aproveitaram que o pai tomava remédio para pressão alta e deram, em conjunto, dois remédios para fazê-lo dormir. Logo após a ingestão dos remédios, Antônio dormiu e os filhos o enterraram em um quarto da residência da família. “Ele bebia direto. Era agressivo, temos provas. Eu tive que me isolar”, disse Kleiton à polícia. “Vamos aguardar a perícia, mas é praticamente certo que a vítima foi enterrada viva”, afirmou o delegado de Timon, Ricardo Freire.
Ainda pelas informações da Polícia, o crime começou a ser planejado no dia 24 de dezembro. Um amigo de Kleiton e Alexandre, João André da Costa Rocha, de 23 anos, também foi preso. Ele é acusado de ter participação no crime. Ele seria o responsável pela abertura da cova na casa de Antônio Lopes.

Empresas que faturaram no governo de Jackson Lago são as mesmas que ganham na gestão de Roseana Sarney

Sai governo e entra governo e as peças do faturamento dos cofres públicos são as mesmas. O blog teve acesso a documentos da Seplan que apontam para os mesmos nomes de construtoras, empresas de informática, segurança privada, de turismo, táxi aéreo, às fundações que permanecem a cada gestão.
Nada de novo. As mesmas caras!
Mas há algo de incomum no faturamento. Umas sempre levam mais que as outras, dependendo da afinidade com o governante. Ou laços de amizade ou cumplicidade com os gestores.
Um exemplo: em 2009, a Engesa Engenharia SA  levou, de janeiro a 17 de abril, nada menos que R$ 46.700.256,14 da Secretaria de Cidades e Desenvolvimento Sustentável e Infraestrutura, sob a batuta da secretária Telma Pinheiro, no governo de Jackson Lago.
Uma soma extraordinária para o período de apenas três meses e 17 dias.
No setor de passagens área e hospedagens, no mesmo período, a Brother Viagens e Turismo abocanhou do governo pedetista R$ 1.463.548,86. Imaginem se Lago completasse o mandato. Seria uma eterna viagem. A Brother continua sendo irmão do atual governo.  
Na segunda feira o blog publicará as despesas “realizadas” durante o curto período do governo de Jackson Lago no ano de 2010. Aguardem!