PUBLICIDADE

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Insegurança campeia na zona rural dos Cocais após fechamento de posto policial

POR JORGE VIEIRA
As populações da zona rural da região dos Cocais está à mercê da marginalidade desde que o Governo do Estado resolveu fechar o único posto policial existe na localidade conhecida como Baú, um entroncamento localizado num trecho sem asfalto da BR-226, entre Graça Aranha e Timon, que serve de interseção com outras estradas sem revestimento que levam a Caxias (40 km), Matões (60 km), Parnarama (80 km) e Buruti Bravo (120 km).
Construído e inaugurado no Governo José Reinaldo Tavares (PSB), o posto policial do Baú garantia tranqüilidade aos moradores da região. O índice de criminalidade era baixíssimo e não se ouvia falar em assaltos ou roubos de motocicletas, conforme depoimentos de lideranças políticas e comunitárias ouvidas pelo JP.
Após o fechamento e retirada dos policiais, segundo elas, ninguém se arrisca viajar a noite, pois os assaltos a mão armada viraram rotina. 'Toda a zona rural dos Cocais está sem segurança porque os bandidos assaltam em Teresina e estão se escondendo aqui por falta de policiamento. Ninguém tem coragem de viajar mais de moto. O fotógrafo Biaman Prado, em agosto passado, teve que vir aqui em Matões fazer umas fotografias e foi assaltado duas vezes antes de chegar com seu carro no hotel', relata o ex-deputado estadual Rubéns Pereira, hoje secretário de Obras do município.
A gravidade do problema é dimensionado pelo tamanho da população que vive no campo. Matões, por exemplo, possui 32 mil habitantes, sendo 17 mil na zona rural, enquanto em Parnarama outros 19 mil sobrevivem da agricultura e estão nos povoados sem segurança e sem ter a quem recorrer em casos de violência praticada contra as comunidades de lavradores.
A prefeita de Matões, Suelly Pereira (PSB), diz que já foi encaminhado ofício ao Governo do Estado solicitando a reabertura do posto policial, mas que até o momento não houve resposta. 'O documento foi entregue ao vice-governador Washington Oliveira (PT), que ficou de ver o problema, mas o posto continua fechado e sem uma explicação lógica para a retirada dos quatro policiais que faziam a segurança na área', observou a prefeita.
A vereadora de Buriti Bravo, Luciana Leocádio (PDT), mostra-se assustada com a onda de assaltos na região. Segundo revelou à Reportagem do JP, já assaltaram até o Fórum da cidade. 'Estamos tentando fazer uma audiência pública para discutir a segurança do nosso município. O delegado que responde por Buriti é de Passagem Franca e não temos sequer prédio para a delegacia, que funciona no prédio da prefeitura. Isso é um absurdo, queremos que o governo tome uma providência', cobra.
Luciana conta que a cidade de Buriti Bravo viveu há pouco tempo em clima de terror por conta de um marginal foragido da Justiça que se instalou no município e durante três meses violentou mulheres, assaltou, pintou e bordou por falta de um policiamento. A vereadora conta que, após este episódio, a população está pagando uma empresa particular chamada 'Rota Noturna' para fazer a segurança da cidade. Cada residência, para ser protegida, paga R$ 30,00 e o comércio R$ 50,00.
Vizinha à cidade de Teresina (PI), a zona rural de Timon serve de atrativo para a bandidagem se esconder sem ser importunada pela Polícia. Segundo o vereador Chagas Cigarreiro (PSB) os marginais estão introduzindo drogas na zona rural e não tem quem combata. 'Fizemos uma passeata dia 10 de dezembro para chamar a atenção das autoridades para a questão da insegurança, pois temos apenas uma viatura para 160 mil habitantes, mas pregamos no deserto. Continuamos a mercê dos marginais', lamentou.
Para o vereador Cigarreiro, a falta de barreira policial na ponte que liga o Piauí ao Maranhão, como antigamente, deixa os bandidos livres para cometerem seus crimes. 'Os comerciantes de Timon estão desesperados porque o governo não olha para a região, não dá a menor assistência e nos deixa a mercê da marginalidade, tanto na cidade como no campo', condenou Cigarreiro.
O líder comunitário Reginaldo Janjão, morador do povoado Quilombo, localizado na divisa entre Caxias e Matões, adverte que após o fechamento do posto policial do Baú, aumentaram os assaltos e a população está insegura. Reginaldo narra que há dois meses homens fortemente armados fecharam a MA-034 para assaltar motoristas e passageiros. 'A governadora não pode virar as costas para a segurança na zona rural, somos maranhenses e queremos ser tratados com dignidade', sentenciou Janjão.

Governo assina convênio com municípios para investimentos no setor agrícola

Recursos da ordem de R$ 6,5 milhões serão investidos pelo Governo do Estado na área de produção agrícola visando à melhoria da qualidade de vida da população maranhense. Os convênios foram assinados, nesta terça-feira (27), no Palácio dos Leões, pelo secretário chefe da Casa Civil, Luis Fernando Silva; secretário-adjunto de Agricultura, Pecuária e Pesca, Raimundo Coelho; secretário de Assuntos Políticos, Hildo Rocha, prefeitos e deputados estaduais.
“Essa iniciativa é resultado dos Seminários Regionais, que registraram 2.372 propostas municipais, demandas essenciais apresentadas pelos prefeitos que começam a se tornar realidade”, declarou Luis Fernando Silva. Ele disse que o foco principal do governo estadual é o combate à pobreza e, para que isso aconteça, é importante garantir apoio aos municípios. “No Maranhão, 38% da população encontram-se na zona rural, portanto, as estratégias de governo têm de passar pela agricultura familiar”, ressaltou.
Ao todo, 12 municípios foram beneficiados com os convênios que vão garantir a construção e/ou reforma de Mercados Públicos, construção de matadouros, equipamentos para matadouros, kits de pesca, reforma de açudes e recursos para aquisição de uma patrulha agrícola.
Para a prefeita de Itinga, Vete Botelho, os recursos a serem investidos na reforma e ampliação do Mercado Municipal é a realização de um sonho. “São 20 anos lutando por uma parceria nesse sentido. Agora, teremos a oportunidade de oferecer um melhor espaço para a comercialização dos nossos produtos e melhorar a renda dos agricultores”, destacou.
O secretário-adjunto de Agricultura, Raimundo Coelho garantiu que várias ações na área de infraestrutura logística para produção de alimentos estão asseguradas no Plano Plurianual (PPA) 2012/2015. “No Maranhão, temos mais de 80% de pequenos agricultores que serão estimulados a aumentar a sua produção com o apoio estadual”, revelou.
Os municípios beneficiados pelos convênios são Pastos Bons, Poção de Pedras, Magalhães de Almeida, Luis Domingues, São João dos Patos, Graça Aranha, Parnarama, Olinda Nova, Buriti Bravo, Vargem Grande, Alto Alegre do Pindaré e Itinga.
A solenidade contou com a presença dos prefeitos municipais e dos deputados estaduais Tatá Milhomem, Alexandre Almeida, André Fufuca e Roberto Costa. “Para combater a pobreza no Maranhão é necessário investir em agricultura. Destino a maioria das emendas para essa área, pois atende a população mais carente”, defendeu o deputado Tatá Milhomem.

Seduc e Famem discutem pacto de gestão



Gestores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) se reuniram, nesta terça-feira (27), para discutir um pacto de gestão para a municipalização das ações educacionais em todo o estado.


Participaram do encontro de trabalho o secretário de Estado de Educação, João Bernardo Bringel; o presidente da Famem, Antonio da Cruz Figueira Júnior – o Júnior Marreca; a secretária-adjunta de Ensino, Graça Tajra; além de técnicos da Famem e da Seduc.



Júnior Marreca destacou a iniciativa da Seduc de municipalizar as ações educacionais e fortalecer a parceria com os municípios. “Estamos satisfeitos com a iniciativa da Seduc que está mudando seu foco e municipalizando suas ações, por entender que não se pode fazer educação sem apoio dos municípios”, ressaltou.


Graça Tajra explicou que o pacto de gestão da Seduc representa a compatibilização das ações que a Secretaria vai desenvolver em parceria com os municípios. “Entendemos que educação se faz com a parceria efetiva com os municípios, onde estão focadas as ações”, afirmou. Ela acrescentou, ainda, que haverá um novo encontro com a equipe da Famem para apresentação do pacto aos gestores municipais.
Dentre as ações elencadas no pacto de gestão estão a avaliação educacional do sistema de ensino; pacto de desempenho para que o estado tenha um programa de avaliação permanente do desempenho educacional; programa de gestão; formação; alfabetização; e correção de fluxo. 
Fonte: ASCOM/SEDUC

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Federal, MPF ainda tenta barrar hidrelétricas do Parnaíba

Marco Aurélio Adão
Mesmo após a Justiça Federal indeferir a liminar impetrada pelo Ministério Público Federal para suspender o leilão das hidrelétricas do Rio Parnaíba, o procurador da República Marco Aurélio Adão anunciou que o MPF-PI continuará firme no desígnio de barrar a instalação das usinas.
O procedimento licitatório está marcado para esta terça-feira, dia 20 de dezembro. E o procurador da República Marco Aurélio Adão afirma que aguarda apenas a cientificação da decisão da Justiça Federal para adotar as providências jurídicas cabíveis no sentido de impedir o início das obras.
Ele ressalta que a ação civil pública continua tramitando na 2ª Vara da Justiça Federal (Processo nº 21295-73.2011.4.01.4000), tendo em vista que não esgotou o seu objeto, que é impedir a construção das hidrelétricas em razão das diversas irregularidades e inconsistências encontradas nos estudos de viabilidade ambiental e social do empreendimento.
Vigora ainda na Justiça os pedidos do MPF para que sejam anuladas as licenças prévias números 384/2010 e 385/2010, concedidas para as Hidroelétricas de Cachoeira e Estreito. A Procuradoria da República quer que sejam invalidados, desde o início, os processos de licenciamento ambiental da Hidroelétrica Ribeiro Gonçalves, da Hidroelétrica Uruçuí, da Hidroelétrica Cachoeira, da Hidroelétrica Estreito, e da Hidroelétrica Castelhano, "ante os vício insanáveis apontados, que remontam ao início e à própria concepção dos projetos".
O MPF também pediu que seja determinado aos requeridos, na forma do art. 21 da Lei 7.347/1985 (LACP) c/c o art. 84 da Lei 8.078/1990 (CDC), que se abstenham de licenciar HEs no Rio Parnaíba, ou de iniciar qualquer atividade relativa à construção de empreendimentos dessa espécie, sem contemplar, analisar e solucionar todos os aspectos referidos nesta ação e nos pareceres/laudos técnicos constantes no ICP (eclusas, discriminação da população e da área afetadas, correta aferição dos impactos ambientais), sob pena de multa de R$ 10.000.000 a serem revertidos ao fundo de que trata o art. 13 da Lei de Ação Civil Pública (Havendo condenação em dinheiro, a indenização pelo dano causado reverterá a um fundo gerido por um Conselho Federal ou por Conselhos Estaduais de que participarão necessariamente o Ministério Público e representantes da comunidade, sendo seus recursos destinados à reconstituição dos bens lesados).
De acordo com os técnicos da 4ª e 6ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF, em Brasília, os dados do Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e do RIMA (Relatório de Impacto ao Meio Ambiente) estão incompletos para avaliação das alternativas locacionais e arranjo espacial das hidrelétricas; o diagnóstico das áreas de influência e condições preexistentes do meio ambiente a ser afetado pelo projeto é insuficiente; há subestimação da população atingida, inclusive comunidades quilombolas, e ausência de construção de eclusas que garantam a navegabilidade do rio.
  
Fonte: MPF-PI 
Repórter: Cícero Portela (redacao@portalodia.com)


Wal Mart pode desistir de se instalar em Timon

Uma suposta decisão da rede de supermercados Wal Mart de não mais se instalar na cidade pode trazer dificuldades para a viabilização financeira do projeto de construção do shopping de Timon.Foi o que apurou o jornal O Timonense junto a fontes ligadas ao grupo do empresário Paulo Guimarães, dono do empreendimento que há meses vem sendo planejado para a cidade.

Considerado um dos principais atrativos para a instalação do shopping em Timon, o Wal Mart é a maior rede de supermercado do mundo. Executivos da empresa estariam negociando com o empresário João Claudino a aquisição de um terreno na sul de Teresina para onde estão prevendo levar o supermercado.

A mudança nos planos do Wal Mart está preocupando o grupo do empresário Paulo Guimarães(foto). Alguns deles acham não mais ser interessante investir na construção do shopping por temerem não serem não ser mais tão boas as perspectivas de lucro com o negócio.

Entretanto uma opinião decisiva ainda sonha com a construção do empreendimento: O próprio empresário Paulo Guimarães. Segundo informações colhidas junto a parentes e membros do grupo do empresário, o empreendedor continua com a idéia fixa de construir o shopping em Timon. Ele teria mandando levar adiante o projeto mesmo que venha se confirmar a desistência do Wal Mart de se instalar em solo timonense.

Tanto mandou que poucos dias atrás o projeto completo shopping chegou ao ministério público para análise e parecer do promotor Antonio Borges.Antes do parecer, a promotoria em conjunto com os engenheiros do projeto, fará uma audiência pública para apresentação e explicação de como será o empreendimento.

A data da audiência deve ser definida pelo promotor nos próximos dias.

Previsto para ficar às margens da Avenida Piauí, onde funciona atualmente a distribuidora de medicamentos Nazária, o empreendimento vai custar cerca de 16 milhões de reais. Destes, 3 milhões serão para tratamento da lagoa do Sambico como compensação ambiental, onde no local estão previstos a construção de uma estação de tratamento dágua, despoluição da lagoa, pista para cooper, área para estacionamento de veículos dentre outros.

Já o shopping em si será diferente dos outros dois shoppings de Teresina. A entrada será toda coberta. Contará com 400 lojas e 900 vagas para veículos no estacionamento.
(jornal O Timonense)

Assinado acordo de combate à pobreza no Maranhão

Portal AZ
A governadora Roseana Sarney e o ministro da Secretária de Assuntos Estratégico da Presidência da República, Wellington Moreira Franco, assinaram, nesta segunda-feira (19), acordo de cooperação técnica para implementação de políticas públicas de combate à pobreza no estado. A solenidade de assinatura do acordo foi realizada no Salão de Atos do Palácio dos Leões e contou com a participação do vice-governador, Washington Luiz Oliveira; do ministro do Turismo, Gastão Vieira; da procuradora-geral do Estado, Fátima Travassos; do presidente da Federação dos Municípios (Famem), Júnior Marreca; secretários de Estado e deputados estaduais e federais e vereadores.



Entre os presentes os secretários de Assuntos Estratégicos, Alberto Franco, que também assinou o acordo; o chefe da Casa Civil, Luis Fernando Silva; o secretário chefe da Assessoria de Programas Especiais, João Alberto; o de Assuntos Políticos, Hildo Rocha; o deputado federal Kleber Verde, deputados estaduais Roberto Costa e Zé Carlos.

A governadora Roseana Sarney, durante seu pronunciamento, falou do bom momento que vive o Maranhão com uma carteira de investimentos do setor privado superior a R$ 100 milhões e destacou que o acordo é para organizarmos as ações e dar prioridade ao combate à pobreza no Estado. “O Maranhão já tem os investimentos, com novas empresas vindo e agora nós queremos que o nosso povo usufrua de tudo isso, que possam ter mais emprego e melhor qualidade de vida”, observou. Ela destacou como ações do governo para que isso aconteça o programa Maranhão Profissional, que prevê a qualificação de 400 mil trabalhadores maranhenses e o de combate à pobreza, que já está sendo executado.

Determinação
O ministro Wellington Moreira disse que o Maranhão vem dando uma demonstração de muita determinação, por intermédio da governadora Roseana, no combate á pobreza e, sobretudo, em dar sustentabilidade ao crescimento econômico, fazendo com quer o resultado do esforço do trabalhador maranhense possa gerar uma sociedade sustentada e sustentável e que permita uma qualidade de vida boa para a população. “As pessoas hoje podem ter esperança que produzindo no Maranhão, criando seus filhos no estado, podem garantir uma vida melhor. Isso não é mais um sonho, uma promessa. É uma realidade”, disse o ministro.

O desafio a partir do acordo de cooperação é que em 2014 o Maranhão tenha uma pobreza com menos de dois digitos, o que é uma mudança imensa na realidade do Estado que durante anos, décadas, foi visto pelo país como o estado mais pobre. “Eu creio que agora nós temos condições para que essa realidade seja modificada e o governo federal está presente ajudando o Governo do Estado e os municípios”, completou Wellington Moreira.

A partir do convênio, segundo explicou o secretário Alberto Franco, será elaborado o planejamento estratégico e o governo poderá construir, executar e planejar políticas públicas mais eficientes, eficazes e com resultados mais rápidos para a população. “Vamos aproveitar a nossa riqueza em favor da nossa gente que é o que pretende a governadora Roseana Sarney e o que está fazendo o governo do Maranhão”, disse o secretário.

Adequação
Os programas que já estão sendo desenvolvidos pelo governo, como o de combate à pobreza e o de qualificação profissional serão adaptados a este novo programa com vista a melhores resultados. O secretário de Assuntos Estratégicos da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Ricardo Paz de Barros, explicou que o trabalho será feito em conjunto com os técnicos do Governo do Estado para o aprofundamento de diagnósticos já existentes.

“Vamos ver quais as melhores políticas disponíveis a nível federal e ver como elas podem ser adaptadas ao contexto do Maranhão e ver como as políticas atuais implementadas no Maranhão podem receber o apoio federal para serem mais efetivas. Em suma, o que a gente vai fazer é reunir todas as política sejam federais, estaduais ou municipais, analisar a efetividade de tudo isso e ver a melhor maneira de organizar no sentido de promover o crescimento da forma mais inclusivo possível”, contou.

O presidente da Famem, Júnior Marreca, lembrou que a participação dos prefeitos nesse processo de elaboração dos projetos é importante para o alcance da meta do governo é que é de todos que querem o melhor para o Maranhão e para o povo maranhense. “Estamos nos colocando à disposição do governo para ajudarmos neste trabalho”, disse.

Fonte: Secom-MA

Policia Civil desmonta quadrilha que agia em família.

Policia Civil desmonta quadrilha que agia em família. quadrilha (Foto familia)

Uma operação em conjunto das Policias Civil e Militar de Codó efetuaram a prisão de quatro elementos todos da mesma família as prisões foram feitas por volta das quatro horas da manhã na Localidade Recanto dos Vieiras que fica na região da Trizidela zona rural de Codó, segundo o delegado Romulo Vasconcelos os elementos se encontravam embriagados e pareciam estar comemorando algo o que facilitou a ação surpresa da policia e conseqüentemente a prisão. Foram apreendidas também varias armas de fogo de groso calibre alem de farta munição.
Foram presos o pai dois filhos e um sobrinho:
(PAI) Antônio de Sousa 49 anos acusado de ser o receptador dos produtos que eram roubados.
(FILHO) Francisco Maciel Cardoso de Sousa 19 anos acusado de agir em parceira com o irmão nos supostos assaltos que ainda estão sendo investigados.
(FILHO) Antonio Francisco Cardoso de Sousa 28 anos, responde por dois crimes um em Codó e outro em Águas Lindas – GO, onde segundo a policia ele teria executado sua esposa com um tiro na cabeça ambos os crimes teriam sido feitos em 2010. Antonio responde também por ser o articulador dos crimes e roubos que pesam contra a família.
(SOBRINHO) José Irma da Silva Junior 20 anos, para a policia ele era responsável por atrair as vítimas ate o local dos roubos que às vezes acabavam em latrocínio (roubo seguido de morte).
Os acusados estão presos e agora estão à disposição da justiça.
Leandro de Sá

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

População Ribeirinha de Parnarama se assusta com dois tiros dados hoje por volta das 15:00hs.


Hoje por volta das 15:00 da tarde banhistas (crianças),tiveram um grande susto.
É que o proprietário de um Draga de areia, inconformado com a agitação das crianças e jovens, ao lado de sua draga de areia, resolveu pela segunda vez dar dois tiros para incomodar os banhistas que ali estavam. As crianças assustadas com os dois tiros saíram correndo.
Segundo o dono da empresa os banhistas estavam muito perto da draga, ocasionando assim problemas a sua empresa

Vizinhos contaram que ao ouvir os tiros olharam para o rio e viram a varias crianças em direção as suas casas. Vendo todo isso resolveram então ligar para a polícia. Depois de alguns minutos a policia veio, mais nada fez.


Significado de Draga:


1. Máquina para tirar a areia ou o lodo do fundo dos rios ou dos portos;

2. (popular) indivíduo que come sem parar tudo que vê pela frente.

Site folha de parnarama.com lança o Bloco só o Pitel

O carnaval de Parnarama será de muita animação e os foliões de  já podem começar os preparatórios para o Carnaval e o site www.folhadeparnarama.com, saiu na frente  e estará presenteando 45 abadas  para as gatas mais top de Parnarama, mais informações entre em contato com o Marcus Vinicius.

GOVERNO SUELY PEREIRA INAUGURA A 14ª ESCOLA EM MATÕES

por Matões Notícias
 TEXTO: ABDENALDO RODRIGUES / MATÕES NOTÍCIAS
FOTOGRAFIAS: ABDENALDO RODRIGUES E PAULO GALIZA/ MATÕES NOTÍCIAS

Escola construída no povoado Barrocão

Na manhã do último domingo (18), a comitiva da prefeita Suely Pereira, constituída de secretários e assessores, além de políticos e empresários do município, esteve presente no povoado Barrocão para a inauguração de mais uma escola na sua gestão.

Autoridades presentes a inauguração

A escola que está construída desde setembro e foi uma Emenda Parlamentar do vereador Wesley Brito (Pindoba) recebeu o nome de Unidade Escolar Francisco Costa e Silva, em homenagem ao saudoso Chico Costa, um dos fundadores da comunidade e pai da coordenadora pedagógica Jacqueline Costa Assunção que, em discurso emocionante, falou do direcionamento do trabalho da prefeita Suely Pereira: “Esta escola é fruto do trabalho abnegado da nossa prefeita”.

Presente a inauguração, o deputado estadual Rubens Pereira Júnior (PCdoB) ressaltou que a construção da escola não é um fato isolado na administração, mas sim uma prática: “Já construímos 14 e reformamos mais de 20 escolas no município. Isso, sim, é um passo à frente para uma educação de qualidade, pois sem investimentos na educação nosso município não irá adiante”.

O vereador Wesley Brito agradeceu ao governo municipal a construção da escola no povoado Barrocão: “Quero aproveitar esse momento para agradecer a grandiosa obra feita para o povo dessa região”. Lembrou que Francisco Costa e Silva, que era seu sogro, foi quem o lançou na política: “Além de ser um homem sério digno, foi a pessoa que me envolveu na política”.

Muita gente compareceu à inauguração
A prefeita Suely Pereira no seu pronunciamento falou da satisfação de está inaugurando mais uma obra no município: “Estou realizada por está inaugurando uma obra tão importante que é a construção desta escola do Povoado Barrocão”. Disse que sua gestão é marcada por três fatores: Amor, coragem e luta e finalizou: “Quem ama, cuida; quem ama, faz e eu estou fazendo”.

O secretário municipal de Articulação com Órgãos Municipais e  Federais, Rubens Pereira, mostrou que a escola era uma antiga reivindicação de políticos da região desde a administração Mario Carvalho, na década de 80, quando o já falecido vereador Emiliano Costa e o próprio Chico Costa buscavam melhorias para o povoado Barrocão: “Emiliano e Chico Costa tiveram sua luta continuada na pessoa do vereador Pindoba, que através de sua emenda parlamentar trouxe a escola para o povoado”.

Após a inauguração, foi oferecido um almoço às pessoas presentes na residência da senhora Maria Costa, esposa de Chico Costa.

Luciano Leitoa nega participação em festas privês no PI

por John Cutrim
O deputado estadual Luciano Leitoa (PSB) enviou correspondência ao blog negando que tenha participado de festinhas privês na cidade de Teresina, na companhia de outros deputados do Maranhão, conforme divulgou com exclusividade o blog do jornalista Luís Cardoso .
Uma reportagem veiculada no Programa Bom Dia Meio Norte, apresentado pelo jornalista Ieldyson Vasconcelos, revelou que uma das quebras de sigilo telefônico envolvendo uma mulher bastante conhecida – uma socialite de Teresina que comanda uma rede de prostituição que envolve jovens, principalmente universitárias – relata telefonemas de deputados do Piauí, Maranhão e Pará, solicitando jovens universitárias para orgias.
De acordo com Luciano Leitoa, a informação de seu envolvimento com garotas de programas no Piauí é “descabida, mentirosa e leviana”. “Jamais estive em festas privê ou qualquer outra festa em companhia dos dois deputados citados”, afirma o parlamentar.
Acompanhe abaixo a íntegra da nota de esclarecimento de Leitoa sobre o caso.
Infâmia
Baseando-se em “informações reservadas ao blog”, covardemente acobertadas por anonimato, o jornalista Luís Cardoso acusa-me irresponsavelmente de ter participado de uma festa privê em Teresina, juntamente com os deputados Marcos Caldas e Carlos Filho. Tal informação é descabida, mentirosa e leviana, completamente alheia ao modo de vida que levo e que o povo de minha cidade conhece.
Jamais estive em festas privê ou qualquer outra festa em companhia dos dois deputados citados. Não tenho convívio social com ambos, limitando-se nosso relacionamento aos protocolos de convivência respeitosa da Assembléia Legislativa.
Não sou juiz da consciência alheia e desconheço se tais festas aconteceram. Lastimo que o jornalista, sem ao menos me ouvir, publique acusações que ferem a dignidade de quem tanto preza a honra pessoal. Não me resta outro caminho senão acionar a Justiça para que o acusador apresente provas ou faça a retratação da injúria.
O tempo há de mostrar quais são os interesses que se ocultam por trás da leviandade dessas acusações.
Luciano Leitoa

Justiça autoriza leilões de três hidrelétricas; Procurador recorre

cidadeverde.com
O juiz federal Márcio Braga Magalhães, titular da 2ª vara no Piauí, negou liminar e manteve o leilão para a construção das hidrelétricas no rio Parnaíba prevista para ocorrer amanhã (20). O Ministério Público Federal ajuizou ação para barrar especialmente os leilões em Cachoeira, Castelhano e Estreito. 


O procurador Marco Aurélio Adão, autor da ação, alega que há “falhas e omissões” nos estudos de impactos ambientais das cinco hidrelétricas. A Procuradoria da República já anunciou que irá recorrer da decisão do juiz Márcio Braga Magalhães.

Na ação foram ouvidos o Ibama e a Chesf.As entidades alegaram que os estudos necessários ainda não estão completamente exauridos, podendo ser novamente avaliados.  “O debate posto nos autos recomenda extrema cautela, pois sua solução desafia uma conciliação entre o desenvolvimento econômico das regiões afetadas com a expansão do sistema elétrico e a proteção a seu meio ambiente”.

A argumentação da União é que a concessão da liminar tumultuaria o mercado de distribuição de energia elétrica e arruinaria o planejamento da expansão previsto para até 2020.

“Sinalizaria um acentuado risco regulatório, implicaria afronta à segurança jurídica e afetaria a credibilidade do Brasil como País capaz de atrair investimentos em infraestrutura”.


Aguarde mais informações


Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

domingo, 18 de dezembro de 2011

Blog revela agora nomes dos deputados do Maranhão que participam de bacanais em Teresina

 Blog do Luis Cardoso
As polícias Civil e Federal prosseguem com as investigações para descobrir se existem ligações de deputados do Piauí e do Maranhão no assassinato da jovem universitária Fernanda Lages, 19 anos, encontrada morta no dia 25 de agosto em um prédio em construção pertencente ao Ministério Público Federal do Piauí.
Fernanda Lages
Fernanda Lages

Durante as investigações, foram grampeados telefonemas de suspeitos e dois deputados do Maranhão tiveram ligações interceptadas quando negociavam com jovens univertárias para bacanais em Teresina. Um parlamentar do PMDB piauiense figura como o principal suspeito.

Três deputados estaduais do Maranhão estiveram em uma dessas festinhas privês na capital do Piauí, segundo informações reservadas ao blog. São eles: Marcos (Play) Caldas, Luciano Leitoa e Carlos Filho. Um deles é proprietário de um sítio naquela cidade, onde são feitas as festas.
Nesse dia, dois deles foram de avião para Teresina, sendo que o terceiro já estava lá esparando. O motorista do deputado Caldas, conhecido por “Pistoleirinho”, levou uma Land Rover para transportar os parlamentares naquela capital.
Outro acusado de participar de festas e ter tido casos, inclusive, com menores de idade é o deputado federal Sétimo Waquim, esposo da prefeita de Timon, Socorro Waquim.
Mas as festas não são realizadas apenas em Teresina. Brasília também é palco de orgia de parlamentares maranhenses. No local funciona uma boite no hotel Napoleão Bonaparte, no setor hoteleiro da capital federal.
Alí se reúnem universitárias que chegam com carrões importados para programas sexuais. O cachê vária de acordo com o tempo em que permanecem, até mesmo no hotel, com cada deputado.
Se for por um final de semana, o preço chega até a R$ 10 mil ou até R$ 2 mil por uma noitada. Até mesmo um senador pelo Maranhão é constantamente visto nas noite da boite do Bonaparte, sempre muitíssimo bem acompanhado.

sábado, 17 de dezembro de 2011

São quatro os deputados do Maranhão que fazem orgias em Teresina com prostitutas de menor idade

A Políciai Civil do Piauí já tem os nomes e gravações de quatro deputados do Maranhão que se deslocam para Teresina e se esbaldam em orgias com prostitutas de menor idade.
Dois deles tiveram os telefones grampeados e foram gravados em conversas com uma socialite daquela capital, encomendando as garotas.
Três deputados são estaduais e tem até um federal. Um deles é esposo de uma prefeita maranhense e já foi acusado por prática de pedofilia em sua cidade.
A Polícia de Teresina, segundo apurou o blogue, deve chamar os parlamentares para prestarem depoimerntos. O blog soube também que a presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão será informada do caso.
O blog teve acesso a dois nomes, mas não irá publicá-los neste momento para não atrapalhar as investigações.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Deputados do MA flagrados em prostituição no PI

 por 
(18h30) Uma reportagem veiculada no Programa Bom dia Meio Norte desta sexta-feira (16), apresentado pelo jornalista Ieldyson Vasconcelos, mostra que uma das quebras de sigilo telefônico da Polícia Civil envolvendo uma mulher bastante conhecida em Teresina (PI), relata telefonemas de deputados do Piauí, Maranhão e Pará, solicitando festinhas privês em Teresina.
Dois deputados jovens do Maranhão foram flagrados durante interceptação desses telefonemas. Eles saíam de São Luís, capital do Estado, com destino à Teresina em busca destas garotas.
A descoberta que deputados maranhenses participavam de festinhas com prostitutas piauienses foi feita pela Polícia Civil durante as investigações sobre a morte da estudante de Direito Fernanda Lages, 19 anos, cujo corpo foi encontrado em agosto num prédio em construção do Ministério Público Federal na capital piauiense. Ai, ai, ai, ai… Clique e veja: