PUBLICIDADE

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Justiça suspende seletivo do gov. Roseana para contratação de professores

O seletivo simplificado para a contratação temporária de professores para dar aulas na rede estadual de educação está suspenso por determinação da Justiça. O Juiz da 4º vara da fazenda pública, Megbel Abdala Tanus Ferreira, atendeu ao pedido de liminar da ação civil pública ajuizada, em 30 de março, pelo Ministério Público Estadual.
“O sindicato tem alertado tanto o governo do Estado como o Ministério Público Estadual sobre a necessidade de diminuir a carência de professores na rede estadual de educação, porém por meio de concurso público e não de contratações precárias, como o governo vem fazendo nos últimos anos”, ressalta o presidente do Sinproesemma, Júlio Pinheiro.
O presidente do Sinproesemma destaca momentos frutíferos da luta do sindicato contra os contratos precários nos últimos anos. “Ocupamos o Fórum Sarney Costa e ajuizamos ação civil pública no ano passado, além de promovermos inúmeras manifestações nas ruas, durante o ano de 2011”, lembra.
Ação civil pública do Sinproesemma
Na Ação Civil Pública, ajuizada em fevereiro de 2011, o sindicato pleiteia a convocação de todos os excedentes do concurso público de 2009, para assumirem as vagas que estão sendo ocupadas por professores contratados precariamente.
No ano passado, a Juíza da 1.ª Vara da Fazenda Pública, Luzia Madeiro Neponucena, concedeu liminar suspendendo a contratação temporária e obrigando o Estado a convocar todos os excedentes. No entanto, o governo recorreu da decisão e conseguiu derrubar a liminar. O sindicato aguarda a sentença da juíza, que se mantiver seu posicionamento inicial, os excedentes do último concurso público ainda podem ser beneficiados com a nomeação.
O diretor de assuntos jurídicos do Sinproesemma, Francarlos Ribeiro, avalia que os contratos do governo são maléficos para a educação pública: “Não garantem direitos trabalhistas e a remuneração é bastante inferior que a dos servidores nomeados por meio de concurso público. Isso causa revolta nos excedentes do último concurso de 2009, que além de não serem convocados ainda presenciam a ocupação precária de seus locais de trabalho, configurando uma total desvalorização da atividade profissional”. 

Fonte: Sinproesemma

10 comentários:

  1. Gente é um absurdo a Escola Mestre Tibério, os professores, se é que se pode chamar de professor esses sem compromisso, eles faltam praticamente a semana tda, principalmente o professor de matemática do 2º ano d turno da tarde, o que eu acho engaçado é que ninguem ver blogueiros comentando sobre esse assunto, só se preocupam em politicagem, falar mau dos adminstradores municipais, éstou hororizada co esse ensino, pois tenho filho que estuda nessa porcaria, mas nunca se comentam, a não do municipio. Gostaria muito que se fizesse algum tipo de manifestação, de grito alguma coisa pra abrir os olhos desses descompromissado que só sabem reclamar do salário

    ResponderExcluir
  2. Apoio plenamente, também tenho um filho que estuda nessa porcaria, pena que não posso tira-lo dessa merda, gostaria muito de ver a frequencia desses descompromissados. Se fosse escola do municipio ja estava nisso que chamam de "Folha de Parnarama". Desabafo de uma mãe indignada!!!!!

    ResponderExcluir
  3. BOA NOITE, ANÔNIMO 1 E ANÔNIMO 2: compreendo a preocupação e a indignação de vocês, é triste ver que a escola Mestre Tibério está passando por isso, pena é que a irresponsabilidade de algum profissional rebate nos outros profissionais que estão cumprindo com suas responsabilidades....

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, é lamentável o que está acontecendo no Centro de Ensino Médio "Mestre Tibério", se seu filho estuda nessa "porcaria",então...., por que vc que é a mãe de um aluno da escola não vai reclamar com a direção da escola, saber o por que que esses prof. estam faltando quais as medidas que a escola irá tomar caso as aulas não sejam repostas...há já sei, por que é mais fácil reclamar do blog pois ele é quem tem o dever de fazer protestos e manifestações contra a escola. do que as mães irem na escola saber o que realmente está acontecendo...é lastimável esse tipo de adjetivos que deram a escola, mais será pq?...

    ResponderExcluir
  5. e vc que vivem criticando o municipio, será que ja foram na Prefeitura? já convesaram o o Prefeito, é fácil da opinião pro outros,

    ResponderExcluir
  6. Bom dia,não responderei mais essas opiniões que tem em o intuito é apenas de tirar o foco da matéria acima... olha pra mim saber como a nossa cidade esta não é obrigado eu conversar com prefeito pra saber ate pq sabei o que ele vai dizer....Aqui em Parnarama-MA nesses quase 8 anos de mandato não foi inaugurado nenhuma obra...olha só né....só teve churrascos pq compras de varias fazendas hilux perdi a conta de quantas...só que não adianta eu lhe falar isso pq o amor está enraizado e como ja dizia o grande poeta o amor é cego...e dessa forma vc não ira nunca dar uma boa educação para seus entes...

    ResponderExcluir
  7. os anônimos parece que te iritaram?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não, faz parte do processo de interação... Temos apenas opiniões diferentes e isso é interessante para o processo democratico...

      Excluir
  8. é engraçado, o governo dos sarneys proporcionam essa bagunça, mesmo com alguns professores faltando, se é que isso é verdade.e não venha me dizer que o maranhão só presta com eles, por que isso é discurso de quem gosta de ser roubado, aliás, de quem adora ser roubado. então, vamos lá, cacetada no lombo de quem não sabe votar e xingamento para quem aguenta esse brasil nas costas e ganha uma miséria( o professor).

    ResponderExcluir

O BLOG NÃO SE RESPONSABILIZA PELOS COMENTÁRIOS, POREM NÃO ACEITA NENHUM TIPO DE COMENTÁRIO QUE VENHA A DENEGRIR A IMAGEM DE QUEM QUER QUE SEJA.